Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians encerra negociação com Paraná e deve ceder Marciel para a Ponte Preta

Volante, que também atua como lateral, tem 22 anos e teria preferido permanecer no futebol paulista

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2017 | 18h58

O Corinthians já havia encaminhado o empréstimo do volante Marciel ao Paraná, mas a negociação acabou tomando um novo rumo nesta quarta-feira devido o interesse da Ponte Preta em contar com o jogador na temporada 2018. O diretor do clube paranaense, Rodrigo Pastana, afirmou que as conversas se encerraram.

+ Presidente do Corinthians mostra pessimismo com acerto com Zé Rafael

A vontade do atleta pesou na negociação. Marciel, que é visto com potencial por parte da diretoria do Corinthians, demonstrou interesse em permanecer no futebol paulista e, por isso, preferia se transferir para a Ponte Preta.

Marciel tem 22 anos e passou na juventude por times como Grêmio e Roma, até de se profissionalizar no Corinthians. Chegou a ser emprestado para o Cruzeiro, mas pouco jogou. Agora, deve ter uma sequência maior caso acerte com o time campineiro.

Não é de hoje que a Ponte Preta usa jogadores do Corinthians para reforçar o seu elenco. No ano passado, Maycon reencontrou o bom futebol no time campineiro e voltou para ser titular do time campeão brasileiro comandado por Fábio Carille. Nesta temporada, o atacante Lucca foi um dos destaques da Ponte na Série A, enquanto o zagueiro Yago, após um bom Paulistão, sofreu com as seguidas lesões. Isso sem contar Claudinho e Léo Artur, que chegaram após a ida de Clayson para o Parque São Jorge.

A direção já anunciou quatro reforços para a temporada 2018. O goleiro Vinícius Silvestre, ex-Palmeiras, o zagueiro Wesley Matos, ex-Vila Nova, o meia Tiago Real, ex-Coritiba, e o atacante Silvinho, ex-Criciúma, foram os primeiros nomes confirmados.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansPonte PretaMarciel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.