Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Corinthians encerra negociações e Pablo não joga mais pelo clube

Clube revela desistência em comprar defensor pelos altos valores pedidos e lamenta exigências do atleta

Estadão Conteúdo

25 Novembro 2017 | 12h46

O Corinthians anunciou na manhã deste sábado que desistiu de contratar o zagueiro Pablo. Emprestado pelo Bordeaux, da França, o defensor não terá a compra efetivada pelo clube do Parque São Jorge pois os valores exigidos, cerca de R$ 11,5 milhões para a aquisição definitiva e mais o aumento salarial, não estão ao alcance do time atual campeão brasileiro.

+ No jogo da taça, camisa do Corinthians terá referências ao título

+ Carille quer até seis contratações para o clube em 2018

"Encerramos todas as tentativas e negociações. Foram muitas e bem desgastantes. O Corinthians fez um esforço para que o Pablo continuasse. É uma trajetória pequena como atleta, não completou nem um ano ainda", disse o gerente de futebol Alessandro.

O zagueiro não participou do treino deste sábado, na Arena Corinthians, e por estar de saída do clube, não vai entrar em campo nos dois jogos finais do Campeonato Brasileiro. A negociação entre Pablo e Corinthians se arrastou pelos últimos meses. O acordo chegou a ficar perto de ser selado no meio do ano, mas houve um recuo.

"Ele pediu o que não poderíamos pagar, não gostaríamos de pagar, porque temos todo um elenco. Que seja feliz. O torcedor sabe o que fizemos, vai compreender que tentamos, fomos à exaustão. A gente lamenta. É acima do que o histórico dele no Corinthians poderia registrar", disse o diretor de futebol Flávio Adauto após o treino - que contou com 15 mil torcedores em clima de festa e teve até invasão de gramado ao final da movimentação.

Alessandro criticou a pedida financeira do jogador e do empresário dele, Fernando César. "Um atleta, para se identificar com um clube, precisa de anos e anos de convivência e títulos. Ele teve um primeiro ano maravilhoso, mas preferiu interromper por uma ordem financeira", disse. Pablo foi titular na campanha do título brasileiro e pelo Corinthians tem 51 jogos e dois gols marcados.

A saída de Pablo deve fazer a diretoria buscar pelo menos dois zagueiros para a próxima temporada. Com o adeus do defensor, a tendência é um dos reforços ser um jogador experiente, já que para a posição, o técnico Fábio Carille conta como suplentes dois jovens atletas, Pedro Henrique e Léo Santos. Após o treino deste sábado, o primeiro deverá ser o titular neste domingo no jogo contra o Atlético-MG.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.