Corinthians espera abrir boa vantagem no primeiro duelo

O Corinthians sabe que precisa conseguir uma boa vitória nesta quarta-feira, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil contra o Internacional, a partir das 21h50, no Pacaembu. Afinal, quer levar uma vantagem para a decisão do título, que acontecerá apenas no dia 1.º de julho, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

FÁBIO HECICO, Agencia Estado

17 de junho de 2009 | 08h13

O técnico Mano Menezes não admite ver o time corintiano com medo diante do Inter, que faz grande campanha na temporada. "Nessa hora tem de ter ambição pelo título e é a condição que vamos levar para o jogo", prometeu o comandante do Corinthians, consciente da importância da conquista da Copa do Brasil para o clube.

Assim, a ordem corintiana é sufocar o rival nesta quarta-feira, para ficar mais perto da vaga na Libertadores de 2010, ano do centenário do Corinthians.

Na atual Copa do Brasil, o Corinthians ainda não sofreu gols no Pacaembu, façanha que espera repetir nesta quarta-feira. "O mais importante é não tomar gols. E se vencermos, melhor ainda", disse o atacante Ronaldo, principal esperança da torcida corintiana, que já esgotou todos os ingressos disponíveis para o Pacaembu.

No treino de terça, Mano Menezes impediu a entrada da imprensa e dos torcedores. Mas Jorge Henrique participou do trabalho e mostrou estar recuperado das dores musculares - assim, vai jogar nesta quarta. Já Dentinho ficou de fora, tratando de dores no tornozelo direito. ?O que posso garantir é que ele joga", disse o treinador.

Com isso, a maior dúvida corintiana é mesmo sobre o substituto no lateral-esquerdo André Santos, que está com a seleção brasileira na disputa da Copa das Confederações na África do Sul. "Tenho três opções: Wellington Saci, Diego e Marcelo Oliveira. Um joga", afirmou Mano Menezes, mantendo o mistério sobre quem será o escolhido.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.