Divulgação
Divulgação

Corinthians espera anunciar Dudu ainda nesta terça-feira

Clube do Parque São Jorge está confiante em ganhar concorrência do São Paulo para trazer atacante, que pertence ao Dínamo de Kiev

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

06 de janeiro de 2015 | 11h57

O Corinthians espera anunciar nas próximas horas a contratação do atacante Dudu. O jogador do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, que estava emprestado ao Grêmio, deve assinar contrato com quatro anos de duração.

Diretores do Corinthians deixaram o CT do Parque Ecológico às pressas na manhã desta terça-feira para se reunirem com dirigentes ucranianos e acertar a compra de 60% dos diretos econômicos por 4 milhões de euros (cerca de R$ 12,5 milhões). Por causa da reunião de urgência com os representantes do Dínamo, as apresentações do atacante Stiven Mendoza, contratado do Chennaiyin, da Índia, e do lateral-direito Edílson, ex-Botafogo, que estavam marcadas para a manhã desta terça-feira foram canceladas.

O Corinthians disputava Dudu com o São Paulo, mas levou a melhor por apresentar uma proposta financeira melhor ao Dínamo. O jogador também declarou que a sua preferência era defender o Corinthians. A declaração do atacante fez a diretoria do São Paulo desistir do negócio.

Vencer a disputa com o São Paulo e contratar Dudu virou prioridade no Parque São Jorge nos últimos dias. Caso o Corinthians passe pelo Once Caldas na fase preliminar da Copa Libertadores, o primeiro adversário da equipe na fase de grupos do torneio será justamente o São Paulo. 

Duda chega para suprir uma das principais deficiências do elenco corintiano, que é a falta de um atacante de velocidade confiável. Hoje, o Corinthians conta com o garoto Malcom e Luciano, que não conseguiram se firmar entre os titulares. Dudu faria dupla com Guerrero, que joga mais centralizado.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado da bolafutebolCorinthiansDudu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.