Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Corinthians espera anunciar novo diretor de futebol para acalmar os ânimos

Flávio Adauto, que foi dirigente do clube no começo dos anos 2000

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2016 | 06h01

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, espera acertar nesta quarta-feira a contratação de Flávio Adauto como diretor adjunto de futebol. O jornalista foi vice-presidente de comunicação e também comandou o futebol do clube em parte da administração de Alberto Dualib. Ele deixou os cargos em 2007.

Adauto recebeu o convite na terça-feira e ficou de dar uma resposta rapidamente. Ele chegaria com a missão de tentar apaziguar os ânimos aflorados entre os dirigentes e conselheiros. O futebol do Corinthians tem apenas o gerente de futebol Alessandro Nunes no comando, após Eduardo Ferreira pedir demissão por não ter sido consultado sobre a contratação do técnico Oswaldo de Oliveira. 

Por causa do momento turbulento que vive a política do clube, o temor é que a falta de mais um homem forte no futebol faça com que o planejamento para 2017 fique comprometido. Oswaldo tem conversado com Alessandro e com Roberto de Andrade, mas o foco do treinador está em garantir a classificação para a Libertadores. 

De olho em 2017, o atacante Jô conseguiu a liberação do Jiangsu Suning, da China, e está livre para resolver as últimas pendências e, enfim, assinar um contrato de três anos com o Corinthians. 

 

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Corinthians Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.