Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Corinthians espera recorde de público no Brasileiro contra o líder

Itaquerão deve receber mais de 33 mil torcedores no sábado

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

15 de julho de 2015 | 07h00

O Corinthians prorrogou até as 23h59 desta quarta-feira  a venda de ingressos aos seus sócios-torcedores  para o jogo de sábado contra o Atlético-MG, líder do Campeonato Brasileiro. Já estão esgotados os bilhetes para os setores norte, sul e leste inferior e a diretoria espera recorde de público no Itaquerão no Nacional - a melhor marca até agora é de 32.442 torcedores na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR.

O Corinthians está em ascensão, é  terceiro colocado do Brasileiro e os jogadores contam com o apoio da torcida no sábado para manter a boa fase. "O Atlético é uma equipe de massa, grande torcida, então é um grande jogo. Estamos vindo do maior jogo do Brasil, contra o Flamengo, e agora vamos enfrentar outro adversário de massa e que vem jogando um bom futebol. Espero que o torcedor compareça", afirmou Elias.

O time vem de uma sequência de quatro vitórias em casa e, para o volante, conseguir manter o bom desempenho em casa será fundamental para o Corinthians brigar pelo título. "A equipe está em um momento bom, readquiriu a confiança. Temos um grande jogo pela frente e vamos tentar fazer prevalecer o mando de campo e buscar as vitórias em casa porque isso faz a diferença no campeonato."

O jogo estava marcada para 18h30, mas foi alterado para 21h. Segundo a CBF, o motivo foi "ajuste na grade de programação".

Públicos do Corinthians no Itaquerão no Campeonato Brasileiro

1º) Corinthians 2 x 0 Atlético-PR: 32.442 pagantes

2º) Corinthians 0 x 2 Palmeiras: 29.479 pagantes

3º) Corinthians 2 x 1 Internacional: 27.270 pagantes

4º) Corinthians 2 x 0 Ponte Preta: 26.649 pagantes

5º) Corinthians 2 x 1 Figueirense: 24.786 pagantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.