Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Corinthians evita problemas no STJD

Oswaldo de Oliveira ganhou dois problemas de última hora para definir o Corinthians que entra em campo neste domingo, às 18h, contra o Atlético-PR, no Pacaembu, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Por precaução, o departamento jurídico do clube, através do advogado João Zanforlin, solicitou ao treinador que Ânderson e Fabinho não fossem escalados em razão das punições sofridas na Copa do Brasil.O zagueiro foi julgado e condenado a dois jogos de suspensão, na quarta-feira passada, pela expulsão na partida de volta contra o Fortaleza, pelas oitavas-de-final da competição. Como havia cumprido somente um jogo e o Corinthians foi eliminado da Copa do Brasil, a pena fica valendo para a Campeonato Brasileiro. O mesmo vale para o caso do volante, expulso contra o Vitória, no meio de semana."Já está difícil conquistar os pontos dentro de campo. Não vamos correr o risco de perder seis pontos no tapetão. De repente, libero para colocar os jogadores e o departamento técnico da CBF resolve denunciar os dois atletas para o tribunal, e aí, como é que fica?", explicou Zanforlin.Assim, de nada valeu o treino coletivo realizado por Oswaldo de Oliveira, sexta-feira. Neste sábado, o técnico foi obrigado a confirmar Betão e Coelho às pressas e fazer um novo treino tático para entrosar os novos titulares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.