Corinthians fará final da Copa São Paulo contra o Atlético-PR

Após empate por 1 a 1, time alvinegro derrota Avaí nos pênaltis por 3 a 2 e garante vaga na decisão de domingo

André Rigue, estadao.com.br

23 de janeiro de 2009 | 22h44

O sonho do Corinthians de conquistar o sétimo título da Copa São Paulo de Juniores está mais perto. No Pacaembu, o clube derrotou o Avaí por 3 a 2 nos pênaltis (1 a 1 no tempo normal). Agora, o time alvinegro decidirá o título neste domingo, às 11 horas, diante do Atlético Paranaense, que surpreendeu ao derrotar o São Paulo de virada por 2 a 1.   Veja também: São Paulo leva virada do Atlético-PR e está fora da Copinha  Copa São Paulo de Juniores - Resultados e classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão   O Corinthians chegou invicto para a semifinal, e com o rótulo de favorito. O técnico Adaílton Ladeira manteve a base dos jogos contra Fluminense e Ponte Preta, as melhores apresentações do alvinegro. Além disso, os garotos do Parque São Jorge contaram com o apoio da torcida, que compareceu em número regular.   O time catarinense jogou na defesa e levou um sufoco no início. Aos 7 minutos do primeiro tempo, Bruno Bertucci cruzou na boca do gol. O atacante corintiano Jadson cabeceou e acertou o travessão. O próprio Jadson pegou o rebote e bateu forte. Ele acertou novamente a trave - a bola ainda quicou na linha antes da sair.    Corinthians 1 (3) André; Arnon     (Vinícius), Nando, Guilherme e Bruno Bertucci; Douglas, Sasha, Marcelinho e Boquita; Jadson (Silvio) e Fernando Henrique Técnico: Adaílton Ladeira  Avaí 1 (2) Renan; Bruno (Nei Bala), Juninho    , Fábio e Renan Oliveira    ; Jhonny, Luan, Luiz Ricardo (Ildemar) e Diego; Cristian e Medina Técnico: Antonio Carlos Pereira Gols: Cristian, aos 31 minutos do primeiro tempo; Marcelinho, aos 10 minutos do segundo tempo. Nos pênaltis: Marcelinho, Sasha e Bruno Bertucci marcaram para o Corinthians - Renan e Vinicius perderam; Renan Oliveira e Jhony marcaram para o Avaí - Juninho, Luan e Ildemar perderamÁrbitro: Marcelo KrochmalnikEstádio: Pacaembu, em São Paulo (SP) O Corinthians teve chances para marcar, mas pecou na finalização. Com isso, o time foi castigado aos 31 minutos. Em cruzamento na boca do gol, o goleiro André se atrapalhou e trombou com o zagueiro Guilherme. A bola sobrou nos pés de Cristian, que só teve o trabalho de tocar para o fundo do gol e comemorar.   Nesta Copinha, o Corinthians sempre teve um salvador nos jogos: Marcelinho. E a estrela do jogador brilhou na noite desta sexta-feira. Aos 10 minutos do segundo tempo, Juninho fez falta em Fernando Henrique. Todos esperavam o cruzamento, mas Marcelinho bateu direto. Ele surpreendeu o goleiro Renan e marcou um lindo gol.   Apesar do empate, o Corinthians não teve forças para virar o marcador e a decisão da vaga acabou nas penalidades, para sofrimento da Fiel torcida no Pacaembu. Nas cobranças, o clube alvinegro levou a melhor e venceu por 3 a 2 - Juninho, Luan e Ildemar desperdiçaram para o time catarinense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.