Corinthians faz 2 a 0 no Racing e se garante nas oitavas

O Corinthians deu mais um passo para garantir a vantagem de decidir em casa todos os confrontos eliminatórios da Copa Libertadores. Nesta quarta, o time de Mano Menezes venceu o Racing por 2 a 0, em Montevidéu, e não só garantiu a classificação para as oitavas como ficou a uma vitória de se firmar como melhor líder.

AE, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 00h09

Com o resultado, o Corinthians chegou aos 13 pontos no Grupo 1, abrindo seis pontos de vantagem para o próprio Racing, a uma rodada do fim da primeira fase. Na próxima quinta-feira, a equipe recebe o Independiente de Medellín, no Pacaembu. Se ganhar, confirmará a melhor campanha da Libertadores.

Como já previa Mano Menezes, o jogo em Montevidéu, que teve uma paralisação logo no começo de 15 minutos por falta de luz, foi disputado com muita força física e pouca inspiração. Nas poucas vezes em que a bola rolou ao invés de viajar pelo ar, o Corinthians mostrou sua evidente superioridade técnica.

Aos 33 minutos, a zaga uruguaia afastou mal cruzamento de Roberto Carlos e Dentinho conferiu no rebote: 1 a 0. O mesmo Dentinho fez grande jogada aos 50 e cruzou na cabeça de Danilo, que, sozinho na pequena área, desviou à direita do gol.

Dentinho continuou seu show particular no segundo tempo. Logo no primeiro minuto, recebeu na área, mas bateu prensado com a zaga. Dois minutos depois, foi lançado na direita, pedalou e bateu forte de canhota, para grande defesa de Contreras. Cansado e caçado pelos uruguaios, deu lugar a Iarley.

O problema é que o Corinthians parou de prender a bola na frente e permitiu que o Racing pressionasse pelo alto. Ronaldo, em mais uma atuação discreta, foi substituído por Jorge Henrique. E foi num contra-ataque que o time matou o jogo, aos 42. Jucilei cruzou da direita e Elias apareceu no meio da área para cabecear no canto esquerdo.

Racing 0 x 2 Corinthians

Racing - Contreras; Brasesco, Hernandez, Pallas e Tejara; Vega (Lopez), Ostolaza, Cazulo (Barrientos) e Mirabajes; Quiñonez e Cauteruccio. Técnico - Juan Verzeri.

Corinthians - Julio César; Moacir, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Danilo (Paulo André); Dentinho (Iarley) e Ronaldo (Jorge Henrique). Técnico - Mano Menezes.

Gols - Dentinho, aos 33 minutos do primeiro tempo; Elias, aos 42 minutos do segundo.

Árbitro - Hector Baldassi (ARG).

Cartões amarelos - Moacir, Jorge Henrique.

Local - estádio Grande Parque Central, em Montevidéu (ARG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.