Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Corinthians faz treino técnico e tático antes de clássico com o líder São Paulo

Jemerson pode foram dupla de zaga titular com Gil no clássico que acontece no próximo domingo

Redação, Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2020 | 21h36

Na tarde desta quarta-feira, o Corinthians realizou mais um treino preparatório para o clássico diante do São Paulo, domingo, às 18h15, na Neo Química Arena, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

As atividades aconteceram no Centro de Treinamento Joaquim Grava e tiveram trabalhos técnicos e táticos, sob comando do técnico Vagner Mancini. O treino começou com aquecimentos liderados pelo preparador físico Flávio de Oliveira antes de a bola rolar.

Na sequência, Mancini dividiu o elenco: os meias e atacantes fizeram um trabalho de passes e movimentação, enquanto zagueiros e laterais, comandados pelo auxiliar técnico Anderson Batatais, participaram de um treino específico de posicionamento defensivo.

Depois, o plantel seguiu dividido em grupos e uma parte dos atletas praticaram cruzamentos e finalizações. Os outros focaram em um trabalho de posse de bola e pressão em espaço reduzido.

Por fim, o técnico do Corinthians organizou um treino tático focado no duelo do fim de semana. Em relação ao empate sem gols contra o Fortaleza, na quarta passada, a escalação terá pelo menos duas novidades: suspenso por expulsão, o centroavante Jô deve dar lugar a Matheus Davó. Já o atacante argentino Mauro Boselli, que terá seu contrato encerrado em 31 de dezembro, pode ser relacionado e ficar no banco.

Já na defesa, o zagueiro Jemerson pode formar dupla com Gil e estrear pelo Corinthians. Recuperado da covid-19, o atleta tem participado dos treinos normalmente. O uruguaio Bruno Méndez e Marllon são as outras opções.

Com 30 pontos, o clube alvinegro chegará na rodada ocupando a 11ª posição, após 24 jogos disputados. Com uma partida a menos, o São Paulo lidera, com 47 pontos. O Corinthians volta a treinar na manhã desta quinta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.