JF Diório/Estadão - 20/5/2013
JF Diório/Estadão - 20/5/2013

Corinthians fecha a contratação do zagueiro Cléber, ex-Ponte Preta

Jogador de 22 anos é o novo reforço do time para o restante da temporada

O Estado de S. Paulo - Atualizado às 20h31

26 de junho de 2013 | 16h02

SÃO PAULO - A diretoria da Ponte Preta anunciou nesta quarta-feira a venda do zagueiro Cléber, de 22 anos, a um grupo de empresários, cujo nome não foi revelado, que repassará o jogador ao Corinthians. Ele é esperado até esta sexta-feira no time paulistano para assinar contrato, realizar exames médicos e ser apresentado oficialmente. O clube paulista ainda não confirmou o acerto.

"Está fechado. A diretoria vai se reunir no horário do almoço [para sacramentar o acordo]. Posso dizer que o valor foi dentro do que a Ponte esperava", afirmou Ocimar Bolicenho, executivo de futebol da Ponte Preta.

A Ponte não revela as cifras, mas o clube conseguiu atingir o valor da multa rescisória que era de R$ 8 milhões. O clube tem direito a 60% do valor, que daria algo em torno de R$ 4,8 milhões. O Banco Fator ficaria com R$ 1,6 milhão (20%), Cléber receberia R$ 800 mil (10%) e o empresário Betto Rappa outros R$ 800 mil (10%).

Apesar desta divisão entre os direitos econômicos, há a possibilidade da Ponte receber um valor maior. Algumas informações apontam que os R$ 8 milhões foram pagos apenas pelas partes do clube e do Banco Fator. Neste caso, o zagueiro e Rappa negociariam seus direitos à parte.

Cléber despertou interesse de outros clubes após o bom desempenho no Brasileiro do ano passado e no Campeonato Paulista. Além do Corinthians, Palmeiras e Internacional também chegaram a abrir negociações pelo zagueiro, mas se assustaram depois que a Ponte Preta não abriu mão de receber os oito milhões descritos na multa rescisória.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansCléberPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.