Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Corinthians fica ainda sem André Luiz

O elenco do Corinthians correu mais do que de costume nesta quinta-feira, nos treinamentos da manhã e da tarde, no Parque São Jorge. Entre eles, Fabrício, André Luiz e Renato, vindos de contusão, já trabalharam visando a preparação para o confronto de domingo à tarde, no Maracanã, contra o Flamengo. A motivação para tamanho empenho era o frio, acompanhado de garoa fina, que se estendeu durante o dia, variando entre 12 e 15 graus centígrados. ?É melhor a gente sair da chuva, senão complica", dizia Jo, preferindo conceder entrevistas sob a cobertura do banco, na beira do gramado. O técnico Geninho tem ainda os treinamentos desta sexta-feira para definir se o garoto, de 16 anos, que fez um gol na vitória por 3 a 1 de virada sobre o Internacional, domingo no Pacaembu, vai realizar um de seus sonhos como jogador de futebol: entrar em campo e jogar no Maracanã. ?A convocação só sai na sexta, vamos ver, né? Eu nunca joguei lá. Só fico vendo pela televisão e imaginando como seria", disse Jo, já prevendo o que pode acontecer. ?Acho que a gente vai receber umas vaias da torcida do Flamengo, é natural." Fabrício, que sofreu lesão no tornozelo direito na quinta-feira, também treinou normalmente nesta quinta-feira. Caso semelhante ao de André Luiz. ?Treinei sem sentir dores, só dentro do normal. Quando o Geninho perguntar, vou dizer que estou bem e que estou à disposição para o jogo. Por mim, já teria jogado até contra o Inter, a vontade é grande. Ainda mais agora que a vitória de domingo deu mais confiança ao grupo. Era disso que estávamos precisando para dar a arrancada final." Apesar de toda confiança de André, o preparador físico Moraci Sant´Anna praticamente descartou a possibilidade de o jogador ser escalado para atuar domingo no Rio. ?Às vezes até respondo de uma maneira mais forte quando me perguntam porque tantos jogadores fora de combate (Vampeta, Leandro Amaral, Cocito, Rogério, Pingo, Gil, além de Renato, Fabrício e André que só voltaram nesta quinta). Fizemos uma programação para atingir o ápice na Libertadores. Estamos vivendo uma situação nova com o campeonato mais longo. Agora temos de lembrar que nesse ano não tivemos a inter-temporada, no passado tinha aquela paradinha no meio do ano que ajudava muito." Renato, que está se recuperando de uma lesão na região do púbis - que tirou o meia de campo no meio do jogo contra o Internacional - fez nesta quinta seu primeiro treino em campo nessa semana. O jogo de domingo será especial para Ânderson. O zagueiro completará sua 100ª partida pelo Corinthians. ?Como se trata de uma marca histórica para mim, espero comemorar com uma vitória sobre o Flamengo", disse o jogador formado nas categorias de base do clube. Ele disputou 16 títulos, conquistando 15 - só perdeu a final do Brasileiro, para o Santos. ?Foi o pior momento de minha carreira até agora", disse o zagueiro de 23 anos.

Agencia Estado,

28 de agosto de 2003 | 19h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.