Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Corinthians fica no 2 a 2 contra o Barueri fora de casa

Time alvinegro empata a segunda seguida no Campeonato Brasileiro e se distancia da briga pelo título

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

26 de agosto de 2009 | 23h46

O Corinthians perdeu na noite desta quarta-feira mais uma oportunidade de entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro. Fora de casa, a equipe ficou no 2 a 2 contra o Barueri, na abertura da 22.ª rodada da competição nacional, que será completada com mais nove confrontos no fim de semana.

Veja também:

linkCorinthians acerta com Marcelo Mattos

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Assim como aconteceu no domingo diante do Botafogo, o time de Mano Menezes chegou estar em vantagem no marcador segundo tempo, mas permitiu a igualdade e teve que se contentar com apenas um ponto, o que deixa a equipe mais longe da briga pelo título.

Com 33 pontos, o Corinthians está agora em sétimo lugar. O Barueri, com a mesma pontuação, está em oitavo devido aos critérios de desempate. O líder Palmeiras, que no domingo faz o clássico contra o São Paulo no Morumbi, tem 40 pontos.

O clube do Parque São Jorge amarga o segundo empate seguido, mas chega a quatro confrontos sem derrota no Brasileirão. O Barueri, que debuta na Série A, mas já sonha com uma vaga na Copa Libertadores de 2010, também havia empatado no fim de semana, em 0 a 0 contra o Fluminense no Maracanã.

O Corinthians terá agora uma semana de descanso e só entra em campo novamente no dia 2 de setembro no clássico contra o Santos no Pacaembu. Já o Barueri pega no dia 5 o Palmeiras no Palestra Itália.

GOL RELÂMPAGO

A partida desta quarta na Arena Barueri foi emocionante desde o início. Aos 21 segundos, Flavinho abriu o marcador e marcou o gol mais rápido até o momento do Brasileirão 2009. Ele aproveitou a jogada de Marcos Pimentel pela direita e, após desvio de Márcio Careca, tocou de cabeça para o fundo do gol.

Em vantagem no marcador, o time da casa fez um primeiro tempo tranquilo e mereceu até fazer o segundo gol. Perdido, o Corinthians mal conseguia criar jogadas e mostrava muito desentrosamento em campo.

O estreante Balbuena atuou na lateral-direita e pouco produziu. No etapa final, o paraguaio desapareceu completamente e Jorge Henrique foi o responsável por fazer as jogadas corintianas pela linha de fundo.

Além disso, o Corinthians sentiu demais a ausência de outros atletas considerados titulares, como o goleiro Felipe, os zagueiro William e Chicão e o atacante Ronaldo, todos machucados. Jucilei e Dentinho, suspensos, também não entraram em campo na noite desta quarta.

 Barueri2
Renê; Daniel Marques, Xandão     e Leandro Castán    ; Marcos Pimentel, Ralf, Everton (Márcio Hahn), Thiago Humberto e Márcio Careca    ; Flavinho (Basílio) e Val Baiano (Luis)
Técnico: Diego Cerri
 Corinthians2
Rafael Santos; Balbuena, Jean, Paulo André     e Marcinho (Marcelo Oliveira     ); Moradei    , Elias     e Morais    ; Jorge Henrique, Henrique (Souza    ) e Bill (Jadson)
Técnico: Mano Menezes
Gols: Flavinho, aos 21 segundos do primeiro tempo; Marcinho (pênalti), aos 7, Elias, aos 12, e Val Baiano, aos 17 minutos do segundo tempo

Árbitro: Sálvio Spinola (SP)

Renda: R$ 221.260,00

Público: 9.665 (total)

Estádio: Arena Barueri, em Barueri (SP)

REVIRAVOLTA

Após a bronca do treinador no vestiário, o Corinthians voltou com uma postura completamente diferente para o segundo tempo e demorou pouco tempo para mudar a história da partida. Logo aos 7 minutos, Souza fez bela jogada e foi derrubado por Márcio Careca na área: pênalti. Marcinho cobrou com perfeição e deixou tudo igual.

Apenas cinco minutos depois, Elias, melhor atleta em campo na partida, acertou um belo chute de fora da área e fez um golaço para virar o marcador. A torcida corintiana, maioria apesar de jogo ser fora de casa, era só alegria e o time alvinegro parecia rumar para o triunfo.

No entanto, a zaga corintiana vacilou e deu espaço para o artilheiro Val Baiano deixar tudo igual aos 17. O atacante, com 11 gols, agora é o goleador principal do Brasileirão 2009.

Com o empate no marcador, os dois times ainda arriscaram até o final, mas não criaram mais muita chances. No fim, o resultado acabou não sendo bom para ninguém.

CAMISA NOVA

O Corinthians estreou um novo uniforme, com listrar roxas e pretas, que deve ser utilizado mais vezes no torneio nacional.

O clube espera agora pela chegada de reforços. Nesta quarta, a diretoria confirmou as contratações do volante Marcelo Mattos e do meia argentino Defederico, que devem se integrar nos próximos dias ao elenco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.