Corinthians fica no empate com Flamengo

Difícil descrever o sentimento do torcedor corintiano após o empate por 1 a 1 com o Flamengo, neste domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Por um lado, respirou aliviado, já que o adversário saiu na frente. E todo mundo sabe que viajar para a Argentina, onde enfrenta o River Plate na quinta-feira, jogo de ida das oitavas-de-final da Copa Libertadores da América, com o peso de uma derrota não seria nada bom. Por outro, continua a lamentar o aproveitamento da equipe, que somou apenas dois pontos nos últimos nove disputados no Nacional, chegando a seis em seis jogos. Na realidade, o único que teve razão para deixar o estádio feliz da vida foi o atacante Liedson. Além de marcar o gol corintiano aos 10 minutos do segundo tempo (Athirson abriu o placar para os cariocas aos 36 do primeiro), conseguiu realizar o objetivo ao qual havia se proposto na véspera: deixar sua marca na ex-equipe. ?Foi bom, consegui marcar, mas, infelizmente, não conseguimos vencer. Diante das circunstâncias acho que até tivemos um bom resultado?, afirmou o artilheiro. O próximo adversário é o Fortaleza, dia 4, no Ceará. Diante do que o Corinthians exibiu, é bem provável que a atenção do técnico Geninho nos treinamentos antes da partida contra os argentinos seja a finalização. Sua equipe abusou do direito de perder gols neste domingo. Outro detalhe que influenciou o rendimento corintiano foi a formação do meio-campo. Sem ritmo e desentrosado, Cocito estreou, mas pouco produziu. Fabrício pouco apareceu e Jorge Wagner não teve tarde inspirada. Atenção ? Falar da irregularidade do goleiro Doni já está virando chavão. No entanto, por mais orientado que o atleta esteja, não consegue se livrar de tal estigma. E na tarde deste domingo, diante do Flamengo, não foi diferente. Ao mesmo tempo que fez duas boas defesas no primeiro tempo, praticamente entregou a bola para Athirson no gol carioca. No segundo tempo, em cobrança de falta do lateral-esquerdo, só assistiu à bola tocar na trave e torceu para que não entrasse. Ficha Técnica: Corinthians: Doni; Rogério, Fábio Luciano, Ânderson e Kléber; Cocito, Fabrício (Wilson) e Jorge Wagner; Leandro (Renato), Liedson e Gil. Técnico: Geninho. Flamengo: Júlio César; Luciano, André Bahia, Fernando e Athirson; Paulo Miranda, Igor (André Gomes), Jônatas (Váldson) e Fernando Diniz; Andrezinho (Vinícius) e Jean. Técnico: Nelsinho Baptista. Gols: Athirson aos 36 minutos do primeiro tempo; Liedson aos 10 do segundo. Árbitro: Luciano Almeida (DF). Cartão amarelo: Fabrício, Igor, Leandro, Paulo Miranda, Athirson, Jônatas, Fernando e Ânderson. Local: Pacaembu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.