Corinthians fica no empate contra o Brasiliense no DF

Jogo fraco tecnicamente em Taguatinga termina em 1 a 1; time de Mano Menezes mantém liderança tranquila

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

16 de setembro de 2008 | 22h26

Em uma partida com poucas emoções, o Corinthians apenas empatou por 1 a 1 com o Brasiliense na noite desta terça-feira no Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga-DF, em jogo válido pela 25.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.Veja também: Mano diz que 'descuidos' tiraram a vitória do Corinthians Corintianos admitem ansiedade para conquistar acesso Vila Nova vence e ultrapassa Avaí na Série B STF anula parte do processo contra russo Berezovsky, da MSI Corinthians já começa a planejar próxima temporada Ouça os gols no Território Eldorado  Brasileirão Série B - Classificação  Brasileirão Série B  - Calendário e resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoCom o resultado, o time paulista mantém a liderança tranqüila da competição, agora com 55 pontos ganhos. Já a equipe da capital federal segue na zona de rebaixamento para a Série C, com apenas 24 pontos.O jogo foi muito fraco tecnicamente e os lances de maior perigo ficaram reservados para o início do segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Carlos Alberto falhou e entregou a bola nos pés de Marcinho, que só teve o trabalho de chutar forte na saída do goleiro Felipe para abrir o marcador.No entanto, a torcida do Brasiliense mal pôde comemorar. Apenas três minutos depois, Morais fez bela jogada pela direita e cruzou nos pés de Elias, que mostrou categoria para tirar a bola do alcance do goleiro Guto e igualar o marcador.Após os gols, as duas equipes diminuíram o ritmo e foram raras as vezes em que os goleiros foram novamente ameaçados até o apito final do árbitro.Agora, o Corinthians volta a campo pela Série B no sábado, quando recebe a Ponte Preta no Pacaembu. O Brasiliense faz no mesmo dia o clássico regional contra o Gama.DE ROXO, MAS COM FUTEBOL RUIMPela segunda vez neste ano, o Corinthians entrou em campo com o uniforme roxo, algo que ainda deve acontecer mais duas vezes na competição. A estréia da camisa aconteceu na Copa do Brasil, em confronto contra o Fortaleza no Morumbi.No entanto, apesar do bom público presente no Estádio Boca do Jacaré, a partida começou muito ruim e os dois times não pareciam dispostos a se arriscar. Para piorar a situação, a má condição do gramado também atrapalhava os jogadores.As melhores chances do Corinthians aconteciam em cobranças de falta de André Santos para a grande área. Aos 37 minutos, Chicão teve boa chance ao ficar sozinho na grande área, mas errou o alvo na hora do cabeceio.Já o Brasiliense tentava envolver a defesa adversária com toques rápidos, mas mostrava pouca qualidade. As melhores jogadas saíam sempre dos pés do habilidoso Iranildo. Brasiliense1Guto; Patrick    , Fábio Braz, Ailson e Edinho; Coquinho, Juninho     , Jardel     , Marcinho (Alex Alves) e Iranildo (Fabinho     ); Leandro Neto (Diogo)Técnico: Reinaldo GueldiniCorinthians1Felipe; Denis      (Eduardo Ramos), Chicão, William e André Santos     ; Carlos Alberto, Elias, Morais    , Diogo Rincón (Otacílio Neto) e Lulinha      (Wellington Saci); HerreraTécnico: Mano MenezesGols: Marcinho, a 1 minuto, e Elias, aos 4 minutos do segundo tempoÁrbitro: Arnoldo Vasconcelos Figarela (RO)Estádio: Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF)Após o sonolento primeiro tempo, a etapa inicial começou em um ritmo completamente diferente, o que deu ao torcedor a impressão de que finalmente acompanharia uma partida emocionante. Depois do gol de Marcinho e o empate de Elias, o confronto tinha tudo para definitivamente pegar fogo, mas a postura das equipes em campo impediu uma partida melhor em Taguatinga.O Corinthians parecia contente com o empate fora de casa e o Brasiliense não tinha força suficiente para pressionar o adversário. Sem Douglas e Alessandro, suspensos, as jogadas pela direita do time do Parque São Jorge ficaram comprometidas. ESTRÉIACom o jogo tranqüilo, Mano Menezes aproveitou para promover a estréia de Otacílio Neto, que entrou no lugar de Diogo Rincón. O meia estreou bem e quase definiu a partida aos 47 minutos, quando dominou dentro da área e chutou forte, mas a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.Os jogadores corintianos deixaram o gramado contentes com o empate e cientes de que a volta à elite do futebol nacional está ainda mais próxima. A diferença para o quinto colocado (os quatro primeiros sobre para a Série A em 2009) é de 13 pontos neste momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.