Divulgação/Universidade Brasil
Divulgação/Universidade Brasil

Corinthians, Flamengo e Atlético-MG doam 250 bolsas de estudo

Alunos de baixa renda são os beneficiários do repasse dos clubes

Redação, O Estado de S.Paulo

28 Dezembro 2018 | 15h53

Corinthians, Flamengo e Atlético-MG estão celebrando uma conquista diferente neste final de ano, paralela aos resultados dentro de campo. Juntos, os três clubes doaram 250 bolsas de estudo, presencial e à distância, para alunos com renda até dois salários mínimos. A iniciativa parte de uma parceria com a Universidade Brasil, patrocinadora dos três clubes, dentro do projeto "Esporte com Educação". 

A doação de bolsas está diretamente vinculada ao desempenho dos times no Campeonato Brasileiro de 2018. Cada vitória, cada gol marcado, cada partida sem sofrer gols e cada rodada na liderança do torneio significavam a doação de uma bolsa. O melhor desempenho foi do Flamengo (106 bolsas), seguido do Atlético-MG, com 81, e do Corinthians, com 57. 

Além das bolsas, os beneficiados conheceram seus ídolos. No Corinthians, os futuros alunos receberam as bolsas diretamente das mãos dos jogadores em três eventos diferentes ao longo do ano. Eles também viram alguns treinos e jogos. 

"É uma parceria com via de mão dupla. Com o apoio dos clubes, conseguimos facilitar o acesso dos torcedores à educação. Nosso objetivo é transformar a paixão pelo futebol em uma oportunidade de crescimento para as pessoas por meio da educação", explica Fernando Costa, reitor da Universidade Brasil.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.