Corinthians ?foge? para o Rio

Considerado o principal responsável pelo empate por 1 a 1 com o Atlético Mineiro no Pacaembu - resultado que frustrou a torcida e tirou do Corinthians a chance de assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro - o técnico Márcio Bittencourt, resolveu se mexer. No final da manhã de hoje, de forma surpreendente, ele resolveu tirar o time de São Paulo e antecipou a viagem para o Rio de Janeiro, onde no domingo enfrenta o Flamengo. O objetivo é tirar os jogadores da pressão da torcida e da imprensa.Márcio foi muito vaiado ontem no Pacaembu, depois que tirou o meia Roger e colocou o volante Wendel, tentando segurar o resultado de 1 a 0 no placar. O time recuou, e logo em seguida sofreu o empate.A diretoria do Corinthians evitar falar em demissão do treinador, mas também não garante que ele vá continuar até o final do campeonato. ?A pressão da torcida não influencia a decisão da diretoria?, garantiu o vice-presidente de futebol do clube, Andrés Sanchez. ?O engraçado é que quando o time ganha, ninguém vem perguntar se ele continua?, acrescentou o dirigente. ?Ele é o técnico do Corinthians, até quando, niguém sabe?, concluiu ele, deixando a impressão de que a mudança de comando já é assunto discutido no Parque São Jorge.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.