Corinthians frustra torcida no aeroporto e pede desculpa

Clube paulista se explicou no Twitter e disse que delegação foi proibida pela segurança de passar pelo saguão

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2013 | 17h36

CAMPO GRANDE - O Corinthians chegou na tarde deste sábado em Campo Grande (MS), onde vai enfrentar a Portuguesa, domingo, no Estádio Morenão, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da aglomeração de torcedores no saguão do aeroporto da capital do Mato Grosso do Sul e também na saída do local, os jogadores não tiveram contato com a torcida, que saiu frustrada.

Pelo Twitter, o clube paulista se explicou. "O Corinthians pede desculpas à torcida de Campo Grande, mas a delegação foi proibida pela segurança do aeroporto de passar pelo saguão. O gerente de futebol Edu Gaspar ainda argumentou para que o ônibus pudesse chegar mais perto da torcida, mas não foi atendido", diz o texto publicado no canal oficial de comunicação do Corinthians.

Ali, o clube alvinegro também agradeceu à torcida que foi até o aeroporto. "Obrigado a todos vocês que vieram nos dar apoio e carinho, mas infelizmente fomos proibidos de retribuir."

Esta será a primeira vez na história que Corinthians e Portuguesa. jogam no estado do Mato Grosso do Sul. No total, os dois clubes realizaram 253 partidas. O retrospecto é favorável ao time alvinegro, que soma 141 vitórias, 54 empates, 58 derrotas, 509 gols marcados e 330 sofridos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.