Corinthians "goleia" o Vasco

O Corinthians venceu o Vasco, por 3 a 1, neste sábado, no Pacaembu, pela 44.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Tite repetiu o placar do primeiro turno, em São Januário. Só nestas duas ocasiões neste Nacional a equipe de Parque São Jorge marcou três gols em uma partida e ainda tem um saldo negativo de 4.Menos de cinco mil torcedores compareceram ao Pacaembu, proporcionando uma renda bruta de R$ 67 mil. Após os descontos, para o Corinthians restou apenas R$ 583,10.Com este resultado, o time paulista alcançou 68 pontos e garantiu vaga na Copa Sul-Americana. Os cariocas seguem com 51 e ainda se preocupam com o rebaixamento.O Vasco aproveitou a desatenção inicial da defesa corintiana e logo aos cinco minutos perdeu grande chance com André Lima. Foi a melhor do time carioca no primeiro tempo. O time de São Januário dependeu muito do talentoso Petkovic, marcado em cima por Fabinho.O time do técnico Tite mostrou padrão de jogo e muita vontade, apesar da pouca qualidade técnica. Fabinho pela direita e Fininho pela esquerda chegavam fácil à linha de fundo, mas erravam nos cruzamentos.Gil, atuando mais no meio, se movimentou bastante e foi o dono do jogo no primeiro tempo. Aos 9 minutos, o atacante abriu o placar. Em jogada individual, ele passou por um zagueiro e na saída de Cássio não teve vergonha para finalizar com o bico do pé esquerdo: 1 a 0.Com a vantagem, a equipe paulista deu espaço para o adversário atacar e soube aproveitar os espaços para iniciar rápidos contra-ataques.Aos 30 minutos, o segundo gol. Gil fez boa jogada pela esquerda e teve a ajuda de uma falha do gramado para enganar a zaga carioca. Alessandro dividiu com a zaga e fez 2 a 0.O Vasco só voltou a preocupar Fábio Costa aos 41 minutos com o chute de longe do atacante Marco Britto.Antes do intervalo, aos 43 minutos, o Corinthians ainda fez o terceiro. Edson tabelou com Gil, surgiu à frente de Cássio e teve calma para definir.O segundo tempo foi disputado em ritmo lento. O Corinthians estava satisfeito com a vantagem e o Vasco, conformado com a derrota.Os goleiros foram pouco acionados. Fábio Costa defendeu um chute de longe de Júnior, enquanto Cássio agarrou uma finalização de Jô.Aos 24 minutos, Fabinho esqueceu de marcar Petkovic e o sérvio foi eficaz. Fez grande jogada pela esquerda, deixou Anderson no chão e rolou para o tiro certeiro de Júnior: 3 a 1.O jogo se arrastou até o final e o Corinthians ainda acertou a trave de Cássio por intermédio de Rosinei.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.