Corinthians, Grêmio e São Paulo negam procura a Mineiro

Os três times não assumem oficialmente, mas o jogador é que foi oferecido a eles, por um intermediário

Marcel Rizzo e Vítor Marques, Jornal da Tarde

11 de março de 2008 | 18h43

O volante Mineiro, do Hertha Berlim, da Alemanha, não vai renovar com seu atual clube no fim da temporada européia, em julho, e foi oferecido na semana passada a Corinthians, São Paulo e Grêmio. Todos os clubes citados negam terem procurado o jogador, sendo que ninguém fala oficialmente sobre o caso.Segundo um dirigente, que pediu para não ser identificado, um intermediário teria pedido pelo jogador R$ 1,5 milhão de luvas e R$ 100 mil de salários mensais. Caso o negócio fosse fechado, Mineiro se apresentaria no meio do ano. Os representantes oficiais do jogador são Paulo Hansen, e seu sócio, o empresário de Oliveira Júnior.Nenhum dos clubes diz estar interessado no jogador por esses valores, considerados abusivos. "Não oferecemos o Mineiro para clube algum e nem autorizamos ninguém a oferecê-lo. A intenção não é sair da Europa neste momento", disse Paulo Hansen, empresário oficial do jogador. Mineiro, ainda segundo Hansen, nem sabia que seu nome estava sendo cogitado no Corinthians.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansSão Paulo FCGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.