Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Corinthians inicia caminhada em busca de mais um tri

Bicampeão sob comando de Carille, equipe estreia contra o São Caetano e tenta repetir feito alcançado 80 anos atrás

João Prata, O Estado de S.Paulo

20 Janeiro 2019 | 04h30

O Corinthians inicia hoje, às 17h, contra o São Caetano, em Itaquera, a caminhada em busca do tricampeonato paulista, feito que não alcança há 80 anos. A volta do técnico Fábio Carille, presente nas últimas duas conquistas, e mais oito reforços deixam os torcedores esperançosos para que o time levante novamente a taça.

Das contratações, quatro serão titulares nesta rodada inaugural do Paulistão: os volantes Richard e Ramiro, o meia Sornoza e o atacante André Luis. Carille também contará com Gustagol, que retornou de empréstimo do Fortaleza. Ainda estão regularizados o centroavante Mauro Boselli e o zagueiro Manoel.

O time alvinegro já conseguiu em três oportunidades conquistar três estaduais na sequência. Em 1922, 1923 e 1924, depois em 1928, 1929 e 1930 e por fim em 1937, 1938 e 1939. O Santos é o único clube que também é três vezes tri, sendo que igualou o feito corintiano em 2012. Na ocasião, o Corinthians brincou nas redes sociais com o rival ao postar: “O primeiro três vezes tricampeão paulista parabeniza o segundo.”

Curiosamente, a última vez que o Corinthians faturou o tri foi em cima do Santos. O duelo foi disputado em 30 de dezembro de 1939, no Parque São Jorge, e terminou com goleada de 4 a 1. O Estado destacou o feito em edição de 1º de janeiro de 1940 sob o título: “O Corinthians F.C. tornou-se hontem campeão paulista de 1939”. 

A reportagem, com menos destaque na página do que uma competição de equitação, trazia foto do elenco perfilado e criticava a qualidade do confronto. “Derrotando o Santos F.C. numa partida fraca e falha de technica, os corinthianos conquistaram pela terceira vez, em seguida, o título de campeões paulistas - Teleco (3), Carlinhos e Raul foram os autores dos tentos”, destacava as primeiras linhas do texto. (Veja no acervo do Estadão como foram as coberturas dos 29 títulos do Corinthians). 

Agora, 80 anos depois, o Corinthians recorre a Carille, que conseguiu o bicampeonato encerrando um jejum de 35 anos. De quebra, ele pode ser o primeiro técnico do clube a faturar o tri consecutivo.

Durante a semana, o treinador iniciou o trabalho de olho no jogo contra o São Caetano sem mistérios. Em todos os treinos, realizou coletivo e colocou os titulares em campo com a presença dos jornalistas. Na sexta-feira, confirmou os titulares. Em relação ao empate contra o Santos no amistoso, a única novidade será a presença de Marllon na zaga no lugar de Pedro Henrique. 

“Estou muito satisfeito pelo o que está acontecendo, o Corinthians buscou jogadores da característica do Corinthians, com participação com e sem bola. Fico muito em paz, vai ser um time organizado, que vai brigar na parte de cima da tabela”, prometeu o treinador.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS X SÃO CAETANO

Corinthians: Cássio; Fagner, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Richard, Ramiro e Jadson; André Luis, Gustagol e Sornoza. Técnico: Fábio Carille.

São Caetano: Jacsson; Anderson Luis, Joécio, Max (Saimon) e Capa; Willians, Ferreira e Cristian; Ítalo, Rafael Marques e Diego Rosa(Hernandes). Técnico: Pintado.

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza. 

Local: Arena Corinthians.

Horário: 17h. 

Na TV: Globo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.