Corinthians já fatura com marketing sobre Roberto Carlos

O Corinthians já começou a explorar comercialmente a marca de Roberto Carlos. Nesta segunda-feira mesmo já estavam à venda nas lojas Poderoso Timão a camisa oficial do Corinthians com o nome do jogador nas costas e um bonequinho do lateral-esquerdo, igual ao que foi feito para Ronaldo e que custa R$ 80.

AE, Agencia Estado

04 de janeiro de 2010 | 19h27

O departamento de marketing corintiano prometeu para os próximos dias o lançamento de uma linha de roupas do novo reforço: serão camisetas, bermudas, calças e até tênis. Tudo isso ajudará o clube a pagar o salário de Roberto Carlos, em torno de R$ 300 mil mensais.

Assim como aconteceu com Ronaldo, o Corinthians quer explorar a imagem de Roberto Carlos. "Já temos algumas empresas, algumas agências de publicidade, que nos procuraram querendo usar a imagem do Roberto", informou Caio Campos, gerente de marketing do clube.

O departamento de marketing trabalha em conjunto com Fabiano Farah, procurador de Ronaldo, que abraçou a causa e ajudou na negociação para repatriar Roberto Carlos. O lateral-esquerdo tinha ainda mais um ano de contrato com o Fenerbahçe, que foi rescindido sem ônus para as partes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.