JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Corinthians já inicia planejamento para a próxima temporada

Com a vaga para a Libertadores praticamente assegurada, clube começa a analisar o elenco visando 2018

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2017 | 11h00

O ano de 2018 já começou no Corinthians, pelo menos em relação a planejamento. Jogadores e comissão técnica mantém o foco na disputa do Campeonato Brasileiro, mas a diretoria já começa a pensar no ano que vem e começou a analisar o elenco e definir as posições em que o grupo está mais carente de opções. A renovação de contrato do técnico Fábio Carille era o último passo antes de iniciar a nova etapa.

+ Má fase deixa Jadson arriscado de perder a vaga entre os titulares

A diretoria trabalha com a ideia de que o Corinthians estará na Libertadores do ano que vem. Assim, precisará ter um elenco melhorado sob o ponto de vista técnico e, principalmente, quantitativo. Existe ainda uma preocupação de que alguns titulares deverão ser negociados no fim da temporada e precisarão ter substitutos à altura.

Balbuena, Guilherme Arana, Fagner, Pablo e Rodriguinho são alguns dos atletas que podem deixar o clube. Mas o setor que é tratado como prioridade, por enquanto, é o ataque. é titular absoluto e a diretoria e comissão técnica entendem que é preciso ter mais opções no setor.

Kazim tem contrato até dezembro do ano que vem e é um dos atletas mais queridos pelos jogadores, mas tecnicamente tem ajudado pouco ao técnico Carille. Carlinhos é muito jovem e ainda precisa amadurecer para ter mais oportunidades e aparecer como substituto de Jô. Por isso, a ordem é ir atrás de opções para a posição.

+ Depois de Gabriel, Maycon, do Corinthians, e São Paulo são denunciados pelo STJD

No meio de campo, um novo maestro também é visto com bons olhos. Jadson e Rodriguinho caíram de rendimento nas últimas rodadas e Carille pode até testar Marquinhos Gabriel e Clayson, mas também não são nomes vistos como certeza de sucesso.

Na zaga, os dirigentes acham difícil conseguir manter Pablo, mas mesmo que tenha sucesso, querem pelo menos mais uma opção. Além dele, o time conta com Balbuena (que pode sair), Pedro Henrique, Léo Santos e Vilson. O fato é que nenhum jogador deve chegar ao elenco nesta temporada. A busca por reforços é para o ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.