Corinthians já vendeu 200 mil peças da camisa roxa

Equipe voltará a utilizar o uniforme no dia 24, contra o ABC-RN; diretoria lançará o computador do Timão

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

13 de maio de 2008 | 15h52

O varal do ambulante dividia espaço com a Carreta Móvel do Corinthians nesta terça-feira, próximo ao Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Em ambos, a principal estrela era a camisa roxa da equipe. Já passam de 200 mil as aquisições das oficiais. E os vendedores anônimos comemoram a grande procura de seu produto. Na cidade do interior, o ônibus roxo também virou ponto turístico, com muitas crianças e adolescentes tirando fotos ao seu lado. Mas a cor dentro de campo... O torcedor não vê sua equipe com o terceiro uniforme há quase 40 dias. Desde os 2 a 0 sobre o Fortaleza, dia 3 de abril, no Morumbi. Foi a única vez na qual o Corinthians jogou com a camisa roxa, uma homenagem à sua torcida, com o lema "só o corintiano é roxo." A ausência renasceu o questionamento: mais um lançamento fora das tradições do time, o preto e branco, vai naufragar? Camisas dourada e prateada não foram para a frente. Com a roxa, o vice de marketing Luiz Paulo Rosemberg garante não se repetir. "Estávamos apenas cultivando a escassez, o que causa a vontade. A roxa é emocional e vai seguir fazendo sucesso", garante. E para o curioso, o uniforme já tem data e horário para voltar a ser usado: dia 24, às 16 horas, em Natal, no duelo com o ABC, pela Série B. "Só estávamos esperando um duelo com adversários que não utilizam a cor escura. Neste jogo, como eles devem usar o branco, estaremos de roxo", garante Rosemberg. E a segunda divisão nacional será mesmo o único palco ao qual o roxo se fará presente. Na Copa do Brasil, com duelos decisivos, a utilização já está descartada. Em clássicos - o time não faz mais nenhum no ano - ela também não aparecerá. É uma exigência da Gaviões da Fiel, principal organizada da equipe, contrária a cor. "Tem realmente um pedaço da Gaviões que não gosta. A gente respeita, mas muitos corintianas aprovaram, a venda está bonita e vamos utilizá-la." NA REDEO corintiano fanático vai ganhar novo produto do time para poder demonstrar seu amor ao clube. Em 15 dias, uma nova jogada de marketing do clube estará no mercado: o PC Timão, computador todo revestido com símbolos e cores do Corinthians. "Ele já está em produção e vai ser um sucesso no 'bando de loucos'", alusão à outra música da torcida. Já as miniaturas dos jogadores vai demorar um pouco mais para chegar ao mercado. Uma empresa Suíça negocia para fechar a produção e falta um acordo com uma fábrica da China - país onde seriam confeccionados -, algo ainda complicado, segundo Rosemberg. "Temos de ir com calma para não errar", enfatiza o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.