Corinthians joga em Rio Preto cheio de problemas

Entre desfalques e jogadores já negociados, o Corinthians não terá nesta quarta-feira seis titulares do time que foi campeão do Paulistão e da Copa do Brasil. Mesmo assim, o técnico Mano Menezes, consciente da nova realidade corintiana, mantém o otimismo para o jogo contra o Santo André, a partir das 21h50, no Estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

AE, Agencia Estado

29 de julho de 2009 | 07h28

A principal novidade corintiana contra o Santo André é o substituto do atacante Ronaldo, que fraturou dois dedos da mão esquerda no último domingo, passará por cirurgia nesta quarta-feira e ficará cinco semanas sem atuar. O escolhido por Mano Menezes foi o garoto Henrique, de apenas 22 anos, que veio em maio do Guarani.

Para os lugares dos negociados André Santos e Cristian, continuam Diego na lateral-esquerda e Jucilei no meio-de-campo. Dessa vez, porém, o Corinthians também não terá o meia Douglas, vendido ao futebol árabe - Morais ocupa o seu lugar. Além disso, o volante Elias e o lateral-direito Alessandro estão suspensos, dando vaga para Moradei e Diogo, respectivamente.

"Temos um padrão de jogo, que pretendo manter por enquanto. Temos que adaptar o esquema com os novos jogadores", disse Mano Menezes, que ainda corre o risco de ficar sem o atacante Jorge Henrique no jogo desta quarta-feira. Gripado, ele não treinou nesta terça, no CT do Parque Ecológico do Tietê, mas, segundo o treinador, jogará contra o Santo André em Rio Preto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.