Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Corinthians joga mal e perde para Fluminense por 1 a 0 no Brasileiro

Fred marcou o gol da vitória carioca, no Engenhão, mas time alvinegro continua na liderança

Gabriel Melloni, Agência Estado

11 de setembro de 2011 | 18h14

RIO - O Fluminense precisou apenas do primeiro tempo para derrotar o Corinthians no Engenhão neste domingo: 1 a 0 em jogo válido pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma cobrança de falta de Fred, aos 17 minutos, definiu o marcador de uma partida em que a equipe carioca soube se aproveitar dos contra-ataques e das falhas defensivas do adversário na primeira etapa para vencer.

Mesmo com a derrota, o Corinthians continua na liderança da competição, com 43 pontos. Tem levado sorte nas rodadas em que não vai bem. Os rivais também perderam.. O Fluminense chegou à sua quarta vitória consecutiva, consolidando-se como melhor equipe do returno do Brasileiro, e entrou na zona da Libertadores, na quinta colocação, com 37 pontos. 

O JOGO

A partida começou nervosa, as equipes não conseguiam colocar a bola no chão para buscar uma maior organização. Apesar do maior tempo de posse de bola, o Corinthians não ameaçava o gol adversário. Falou chutar. O Fluminense aproveitava dos erros na defesa paulista e em rápidos ataques levava bastante perigo.

O atacante Ciro perdeu duas grandes chances antes dos 15 minutos. Aos 8, ele recebeu ótimo lançamento nas costas de Ramon, driblou o lateral corintiano e podia tocar para Lanzini, mas bateu mascado. A bola sobrou para o argentino, que chutou forte. Julio Cesar fez grande defesa.

Quatro minutos depois, novamente Ciro infernizou. Ele recebeu outro grande passe nas costas da zaga, driblou o goleiro para a esquerda, depois para a direita, e bateu firme. Chicão, no centro do gol, afastou com o pé direito e evitou o primeiro gol do Flu.

Mas, aos 17 minutos, não houve quem pudesse impedir o gol de Fred. Ele bateu falta de muito longe. A bola desviou no volante Ralf, na barreira, e enganou Julio Cesar, entrando no canto esquerdo, no contrapé do goleiro.

Após o gol, o ritmo da partida diminuiu. O Fluminense já não se lançava ao ataque, enquanto o Corinthians trabalha a bola sem levar perigo. A primeira defesa de Diego Cavalieri aconteceu apenas aos 38 minutos, em chute fraco, de longe, de Welder. Willian, em outro tiro de longe, também levou perigo. Foram as únicas oportunidades da equipe paulista no primeiro tempo.

O Flu teve mais duas chances na etapa inicial. Aos 39 minutos, Fred recebeu dentro da área, em posição legal, e tocou por cima. Os corintianos reclamaram de impedimento, inexistente. Três minutos depois, Mariano bateu de esquerda, da intermediária, e a bola passou rente ao travessão.

ETAPA FINAL

O segundo tempo começou exatamente como terminou o primeiro. O Corinthians com a posse de bola, mas sem imprimir um bom ritmo de jogo. O time não representava perigo para o adversário. O Fluminense continuava apostando nos contra-ataques, principalmente com Lanzini.

Os chutes de fora da área eram a principal arma da equipe do Parque São Jorge. Aos 5 minutos, Willian arriscou, mas Diego Cavalieri defendeu com tranquilidade. Aos 21, Jorge Henrique fez bela tabela com Paulinho e arriscou da meia-lua. A bola passou perto do travessão.

Com o crescimento do Corinthians, o técnico Abel Braga começou a fechar a equipe. Primeiro tirou o meia Lanzini para colocar o volante Rodrigo. Depois, trocou o lateral Mariano, que saiu contundido, pelo zagueiro Digão. Por fim, o atacante Ciro deixou o gramado para a entrada do meia-atacante Martinuccio.

Com Alex apagado, a equipe paulista não tinha criatividade e o recuo do Fluminense deixou a tarefa de chegar ao gol adversário ainda mais difícil. Assim, o ritmo da partida diminuiu, pois os anfitriões, satisfeitos com o 1 a 0, já não se lançavam em contra-ataques. E Paulo André, nos acréscimos, perdeu boa chance, a última corintiana.

Na próxima rodada, domingo, o Corinthians tentará a reabilitação no campeonato no clássico diante do Santos, no Pacaembu. No mesmo dia, também às 16 horas, o Fluminense vai a Salvador enfrentar o Bahia.

FLUMINENSE 1 X 0 CORINTHIANS

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Mariano (Digão), Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Diogo, Marquinho e Lanzini (Rodrigo); Ciro (Martinuccio) e Fred. Técnico - Abel Braga

CORINTHIANS - Julio Cesar; Welder (Edenílson), Chicão, Leandro Castán (Danilo) e Ramon (Paulo André); Ralf, Paulinho e Alex; Jorge Henrique, Willian e Liedson. Técnico - Tite

Gol - Fred, aos 17 minutos do primeiro tempo

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (RS/Fifa)

Cartões amarelos - Mariano, Lanzini, Diogo, Digão (Fluminense); Ramon, Paulo André (Corinthians)

Renda - R$ 596.560,00

Público - 26.979 pagantes

Local - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Modificado às 21h para atualização de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.