Léo Pinheiro/Futura Press
Léo Pinheiro/Futura Press

Corinthians joga mal e perde segundo jogo do dia no Pacaembu

Alvinegro foi superado pelo São Bernardo por 1 a 0 e conheceu primeiro revés no Paulistão

Demétrio Vecchioli, Agência Estado

25 de janeiro de 2014 | 22h56

SÃO PAULO - O Corinthians conheceu neste sábado à noite a sua primeira derrota no Campeonato Paulista. Com um futebol insosso e sem criar nenhuma chance real de gol, a equipe alvinegra viu o São Bernardo abrir o placar logo aos 2 minutos, não conseguiu reagir, e acabou batido por 1 a 0 em pleno Pacaembu. Apagado, Alexandre Pato foi vaiado pela torcida ao ser substituído.

Assim, o Corinthians fecha o feriado de aniversário da cidade com duas derrotas no Pacaembu - pela manhã, perdeu o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior para o Santos. Pior do que isso, vai iniciar a semana com dúvidas a respeito do elenco, que vinha de vitórias sobre Portuguesa e Paulista nas duas primeiras rodadas.

Do outro lado, o São Bernardo é o único time com três vitórias. A equipe do ABC tem nove pontos e lidera do Grupo C. Já o Corinthians foi ultrapassado pelo Botafogo de Ribeirão Preto e agora é segundo no Grupo B, posto que não corre mais o risco de perder na rodada. Na quarta a equipe faz o primeiro clássico do Paulistão, contra o Santos, na Vila Belmiro. Já o São Bernardo encara o Audax, no seu estádio, o Primeiro de Maio.

O JOGO

Com Emerson e Ibson no time titular e Paolo Guerrero e Danilo no banco de reservas, Mano Menezes testava uma nova formação no Corinthians. Mas nem deu tempo de a equipe ganhar entrosamento e partir para cima do São Bernardo. Logo com 2 minutos os visitantes abriram o placar.

Erick Flores fez jogada pela esquerda, passou para Bady, e recebeu de volta, num tapa de primeira. Com espaço, o atacante ajeitou o corpo para pegar de peito de pé na bola e mandou no canto direito baixo do goleiro Wilson Júnior.

O empate quase veio no lance seguinte. Jocinei bateu uma falta do meio da rua, com muita força, e fez Wilson Júnior trabalhar para espalmar a bola quente. Seria esta a melhor chance do Corinthians em todo o primeiro tempo.

A bola até chegava até Emerson, mas a falta de movimentação de Pato, aliada à atuação ruim dos volantes, fazia com que o Corinthians não conseguisse chegar ao gol de Wilson Júnior. Quem mereceu o segundo gol foi o São Bernardo, que sofreu pênalti quando Edson levou um rapa desnecessário de Guilherme na área. Falta clara, que o árbitro José Claudio Rocha Filho ignorou.

No intervalo, Danilo entrou no lugar de Ibson, mas nada mudou. Mais quase 15 minutos se passaram, sem qualquer chance de gol, até Guerreiro substituir o apagado Rodriguinho. Quase em seguida, um passe errado da defesa do São Bernardo chegou até Pato. O atacante virou, arriscou desde a linha da grande área, mas a bola bateu no pé da trave e saiu. Um presente muito mal aproveitado.

Foi tudo que Pato fez no jogo até ser trocado por Romarinho, aos 30 minutos. Na saída, foi vaiado pela torcida corintiana. O atacante que entrou, ainda que aceso, não conseguiu mudar o panorama. Das arquibancadas, o público bem abaixo do que o Corinthians está acostumado, até tentou apoiar. Mas o dia de São Paulo não era o dia corintiano.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 0 X 1 SÃO BERNARDO

CORINTHIANS - Walter; Diego Macedo, Gil, Paulo André e Jocinei; Ralf, Guilherme, Ibson (Danilo) e Rodriguinho (Guerrero); Emerson e Alexandre Pato (Romarinho). Técnico - Mano Menezes.

SÃO BERNARDO - Wilson Júnior; Rafael Cruz, Fernando Lombardi, Luciano Castan Eduardo; Daniel Pereira, Edson, Marino (Wilian Favoni) e Bady; Erick Flores (Dudu Lima) e Márcio Diogo (Diogo Costa). Técnico - Edson Boaro.

GOL - Erick Flores, aos 2 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - José Claudio Rocha Filho.

CARTÕES AMARELOS - Gil, Ralf, Ibson, Rafael Cruz, Erick Flores e Edson.

RENDA - R$ 371.496,50.

PÚBLICO - 12.665 pagantes.

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.