Corinthians joga para sair da crise

Uma vitória para afastar os problemas. É assim que o Corinthians encara sua estréia na Copa Mercosul diante do Colo Colo, nesta quinta-feira, às 19h40 (horário de Brasília), em Santiago do Chile. O time viajou terça-feira sob o turbilhão da crise, intensificada pelo racha entre Marcelinho e Ricardinho.O Corinthians joga desfalcado de Marcelinho, que terá de cumprir um jogo de suspensão pela expulsão no confronto com o Olimpia, na Mercosul do ano passado. Outro desfalque: Ewerthon, que chegou apenas nesta quarta-feira com a seleção brasileira, desclassificada da Copa América. Com o elenco reduzido, o técnico Wanderley Luxemburgo vai promover a estréia Fabinho, ex-São Caetano.Será a primeira partida do Corinthians depois da dispensa de nove jogadores e da desclassificação na Copa dos Campeões.Luxemburgo adotará o esquema 3-5-2, mesmo sem contar com uma zaga entrosada. O treinador vai escalar o ex-junior Marquinhos e Batata, que recuperou a posição com a saída de João Carlos e Fábio Luciano. Sheidt completa o trio. "Vamos nos adaptar ao novo esquema", garantiu o técnico corintiano.Outra novidade do time é a entrada do goleiro Rubinho, irmão do volante Zé Elias, que já defendeu o Corinthians e atualmente está jogando no futebol grego.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.