Filipe Araújo/AE - 11/01/2010
Filipe Araújo/AE - 11/01/2010

Corinthians joga sem pressão no Paraguai

Time de Mano Menezes enfrenta o Cerro Porteño nesta quarta, às 21h50, pela Libertadores

Fábio Hecico, Agencia Estado

17 de março de 2010 | 07h47

O grande temor dos clubes brasileiros na Libertadores é o clima de guerra proporcionado pelos rivais, com seus estádios lotados e a pressão da torcida do início ao fim do jogo. Mas o Corinthians não deve ter essa dificuldade na partida desta quarta-feira, quando enfrenta o Cerro Porteño, a partir das 21h50 (de Brasília, com transmissão do estadao.com.br e da rádio Eldorado/ESPN), em Assunção. O Estádio Defensores del Chaco não deve receber mais do que 10 mil torcedores.

O Cerro Porteño passa por uma crise. Apesar de liderar o Torneio Clausura, sua torcida anda decepcionada com o desempenho do time. Para piorar ainda mais a situação, não pode jogar em seu "caldeirão", o Estádio Pablo Rojas, interditado por causa de confusão no jogo contra o Fluminense pela Copa Sul-Americana do ano passado.

"Não nos preocupamos muito com o ambiente. Vamos jogar nosso futebol brasileiro de sempre, com alegria, e o resultado vai aparecer", prega o lateral-esquerdo Roberto Carlos, lembrando que o Corinthians lidera o Grupo 1 da Libertadores, com quatro pontos em dois jogos.

Sobre o jogo, o técnico Mano Menezes deve apostar novamente numa postura mais cautelosa, reforçando a marcação e investindo nos contra-ataques para chegar ao gol adversário. "É até bom que eles venham com tudo para cima da gente, pois temos um forte contra-ataque", diz o meia Danilo, um dos titulares do Corinthians.

 CERRO PORTEÑO

 

 CORINTHIANS

 

 Barreto; Irrazábal, Herner, Torres e Piris; Nuñez, Brítez; Cáceres e Júlio dos Santos; Ramírez e Zeballos.

Técnico: Pedro Troglio.

 Felipe; M. Mattos (Moacir), Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei (Dentinho), Elias e Danilo; Jorge Henrique e Ronaldo.

Técnico: Mano Menezes. 

 Árbitro: Pablo Antonio Pozo (CHI); Início: 21h50 (de Brasília); Rádio: Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3; TV: Globo, Bandsports e SporTv2; Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (PAR)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.