Corinthians lamenta as chances perdidas na derrota

Mesmo atuando com Pato, Guerrero e Romarinho, time paulista não conseguiu vazar o adversário

AE, Agência Estado

14 de julho de 2013 | 19h45

SÃO PAULO - Os jogadores do Corinthians lamentaram a derrota para o Atlético-MG, por 1 a 0, neste domingo, no Pacaembu lotado. Para eles, a frustração se deve à superioridade em campo que não se traduziu em gols, mesmo tendo como adversário uma equipe composta basicamente por reservas - o técnico Cuca poupou os titulares atleticanos para a final da Libertadores na quarta-feira.

"Eles nos complicaram com o gol (marcado por Rosinei no primeiro tempo), mas acredito que todo o jogo foi nosso, fomos superiores. A gente teve muitas chances. Infelizmente, não acertamos no gol. Mas jogamos bem, lutamos", afirmou o atacante peruano Guerrero.

O defesa atleticana soube segurar o ataque do Corinthians, que foi pouco efetivo neste domingo. Para completar, o goleiro Victor, um dos poucos titulares escalados por Cuca, também estava inspirado e salvou a meta do Atlético-MG em diversos momentos no Pacaembu.

O volante Ralf reconheceu que a defesa atleticana estava sólida e lamentou a falta de sorte em chutes a gol. "A gente respeitava o Atlético-MG, com qualquer escalação que viesse, temos de dar todos os méritos a eles. Mas, infelizmente, não conseguimos concluir em gols as chances que tivemos", disse o titular do Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.