Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Corinthians libera atacante Gustavo para acertar com time da Coreia do Sul

Jogador estava emprestado ao Inter, aceita proposta da Ásia e agora vai reforçar o Jeonbuk Motors

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2020 | 11h23

O Corinthians revelou nesta terça-feira que liberou o atacante Gustavo, o Gustagol, para negociar a saída do clube. Após a contratação de Jô para ser o centroavante titular, a diretoria autorizou Gustavo a se despedir e negociar contrato com o Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul. Desde o início deste ano o jogador estava emprestado ao Inter, mas vai interromper a passagem para se transferir ao futebol asiático.

A transfererência depende apenas da aprovação nos exames médicos e também do cumprimento dos protocolos sanitários para entrar no país asiático em meio à pandemia do coronavírus. "O Sport Club Corinthians Paulista comunica que liberou o atacante Gustavo para realizar exames médicos na Coreia do Sul, após concordar com a proposta recebida pelo Jeonbuk Motors", anunciou o clube. "O processo de transferência segue em andamento e será concluído após as avaliações médicas, assim como o cumprimento dos protocolos sanitários exigidos pelo país asiático", acrescentou.

Os valores financeiros da transação não foram revelados, mas se sabe que o Inter terá direito a receber pelos seus 15% dos direitos econômicos do jogador, adquiridos quando ele chegou ao clube gaúcho, no começo desta temporada, inicialmente cedido por empréstimo até o fim de 2020. As partes restantes dos direitos de Gustavo estão divididas entre o Corinthians - 30% -, o Criciúma - 35% - e o Taboão da Serra - 20%.

Gustavo, de 26 anos, tinha sido pouco utilizado pelo Inter até a paralisação das competições, com apenas três jogos disputados e nenhum gol marcado. Antes, havia atuado três vezes pelo Corinthians, também sem ir às redes.

"O Sport Club Internacional comunica que a proposta oficial recebida pelo centroavante Gustavo atendeu às exigências do Clube e autorizou o Corinthians, detentor dos direitos federativos do atleta, a prosseguir na negociação para venda do jogador. O Inter possuía 15% dos direitos econômicos do atacante e será devidamente indenizado. Informamos que o atleta já foi liberado das atividades para finalizar o processo de transferência", anunciou o Inter.

Contratado em 2016 pelo clube, Gustavo somou 69 partidas disputada pelo clube, com 15 gols, também tendo sido emprestado nesse período para Bahia, Goiás e Fortaleza. Ele fez parte do elenco que conquistou o título do Campeonato Paulista em 2019.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.