Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Corinthians: Mano ignora cansaço e confirma Ronaldo

Fenômeno estará entre os titulares na partida deste sábado diante do Guarani em Campinas pelo Paulistão

Fábio Hecico, Agencia Estado

27 de março de 2009 | 18h49

SÃO PAULO - Um dia após assumir estar "bem cansado", deixando no ar a possibilidade de ser poupado, o atacante Ronaldo foi confirmado nesta sexta-feira como titular do Corinthians diante do Guarani, no jogo deste sábado, às 21h10, no Brinco de Ouro, em Campinas. "Falei para ele que não estava cansado. E tenho bom poder de convencimento", brincou o técnico Mano Menezes.

Veja também:

linkDouglas promete reconquistar torcedor do Corinthians

linkFelipe reconhece falha, mas exalta defesa corintiana

tabela Campeonato Paulista - Classificação 

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

A presença de Ronaldo é justificada pela necessidade de ganhar do Guarani. Afinal, uma vitória neste sábado significa estar praticamente garantido nas semifinais do Paulistão - atualmente, o Corinthians soma 34 pontos, em segundo lugar. "Com 37 pontos o time vai classificar, pode demorar um pouco mais, mas é a pontuação necessária para se garantir", explicou Mano, lembrando que a vaga pode vir já nesta rodada em caso de derrota do Santos.

Por tudo isso, Mano Menezes definiu o duelo deste sábado como "Operação Campinas". E admitiu que não abrirá mão de Ronaldo em jogos decisivos, como considera o deste sábado, em Campinas, e também o próximo, na terça-feira, diante do Ituano, no Pacaembu. "Precisamos confirmar a segunda colocação", justificou o treinador, dando a entender que a folga para seu principal jogador virá somente na última rodada, dia 5 de abril, contra o Mirassol.

Mesmo assumindo o cansaço, Ronaldo também se colocou à disposição do time para o jogo deste sábado. "Se o Mano precisar, estarei lá", havia dito o atacante na entrevista da última quinta-feira, apesar de algumas indiretas ao treinador, como quando revelou que "seria ideal jogar apenas uma vez por semana" ou quando afirmou que "foi bom o descanso diante do Santo André" ou ainda quando disse que "precisamos ter cautela, principalmente com a parte muscular".

Resta saber quem será o companheiro de ataque de Ronaldo. Jorge Henrique e Dentinho, ambos com problemas musculares, estão descartados. Otacílio Neto, único com características de velocidade, ainda não convenceu, assim como Souza, que voltou a ser xingado pelos torcedores no treino.

Enquanto isso, o volante Cristian, suspenso, deve dar lugar a Fabinho. E o lateral-esquerdo André Santos volta após cumprir suspensão. Mas o zagueiro William ainda é desfalque, porque sentiu dores na planta do pé - assim, Diego permanece como titular da zaga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.