Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Corinthians monitora zagueiro uruguaio e volante Junior Urso

Diretor de futebol confirmou que jogadores estão sendo avaliados como possíveis contratações

João Prata, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2019 | 17h29

O Corinthians continua à procura de reforços para a temporada. Depois de anunciar nove contratações no ano e ver ficar mais distante as chegadas do atacante Romarinho e do lateral-esquerdo Guilherme Arana, o clube monitora ao menos mais outros dois atletas.

O diretor de futebol Duílio Monteiro Alves admitiu que o time alvinegro está monitorando o zagueiro Bruno Méndez, do Montevideo Wanderers, e da seleção uruguaia sub-20, e o volante Júnior Urso, que deve rescindir com o Guangzhou, da China.

"A gente observa alguns jogadores e sonda opções e formas de contratar. Ele (Bruno Méndez) é um jogador que a gente observa, mas nada além disso", explicou. "O Júnior Urso nos foi passado, observamos. É uma oportunidade. Nenhuma proposta foi feita", complementou. 

Pelo Instagram, o meio-campista já se despediu do clube chinês. "Obrigado Guangzhou R&F, foi legal defender suas cores. Que tenham um ano vitorioso. Good lucky boys. Ansioso pelos novos desafios !", postou.

Junior Urso tem 29 anos e iniciou a carreira no Santo André. Passou por São Bernardo, Ituano, Avaí, Paraná e Coritiba até jogar na China. Em 2016, atuou uma temporada por empréstimo no Atlético-MG. Méndez tem 19 anos e é uma revelação uruguaia, tendo participado das seleções de base do país. Atualmente é o capitão do Uruguai na disputa do Sul-Americano Sub-20.

Os dois possíveis reforços seriam para posições que o técnico Fábio Carille já tem uma série de opções. Para a zaga, o treinador conta atualmente com Henrique, Manoel, Léo Santos, Pedro Henrique e Marllon. No meio-campo: Ramiro, Ralf, Gabriel, Richard, Renê Junior e Thiaguinho. 

"Não vamos sair contratando, só jogadores que se encaixam no perfil que o clube está disposto a pagar", disse o dirigente. "Oportunidades quando aparecem a gente aproveita, como foi o caso do Vagner Love", prosseguiu.

Duílio também não desistiu de Guilherme Arana, mas sabe que o negócio será difícil de ser concretizado. Ainda informou que não há outra opção para reforçar a lateral esquerda. “Nós só teremos um negócio hoje se o Sevilla voltar atrás e considerar a proposta que foi feita. Diferentemente do que o Corinthians já propôs, não dá para ser feito. A gente permanece no aguardo, mas a possibilidade só vai existir se o Sevilla voltar atrás.” 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.