Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians muda estilo para tentar pressionar o Coritiba

Equipe deverá ter postura mais ofensiva

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2015 | 08h00

Se nas vitórias contra Flamengo e Atlético-MG o Corinthians jogou em vários momentos fechado na defesa e procurou apostar nos contra-ataques, diante do Coritiba, neste domingo, às 16h, no Couto Pereira, o torcedor deve ver um time diferente. A ideia de Tite é colocar o time mais no ataque, mesmo atuando fora de casa.

A equipe vive grande fase e está invicta há seis rodadas enquanto que o Coritiba é o penúltimo colocado e tem uma das piores defesas do campeonato com 17 gols em 14 rodadas – o Corinthians, em contrapartida, sofreu apenas oito.

“Vamos buscar variações, fazer pressão alta e retomar a bola no campo do adversário, construir jogadas desde a parte de trás do campo e, quando preciso, jogar no contra-ataque”, avisou o treinador.

Após um início de campeonato irregular e com saída de três titulares (Guerrero, Emerson e Fábio Santos), Tite conseguiu reerguer o Corinthians. Se agora o time não tem a mesma força ofensiva do começo da temporada, a solidez defensiva tem feito a diferença.

Um dos trunfos de Tite para o jogo deste domingo é a volta de Jadson, que retorna à equipe após cumprir suspensão contra o Atlético-MG. Artilheiro da equipe no Brasileiro com seis gols, o meia é peça fundamental na engrenagem da equipe por se o principal responsável por fazer a ligação entre a defesa e o ataque. Outro ponto forte de Jadson é a precisão nas cobranças de faltas e escanteios.

Na defesa, Gil está suspenso e será substituído por Edu Dracena. Tite confia, principalmente, na experiência do zagueiro de 33 anos para manter o bom desempenho defensivo da equipe, que não sofre gols há seis jogos, incluindo o amistoso de quarta-feira contra o ABC, em Natal, quando Dracena atuou por 90 minutos para ganhar ritmo de jogo.

“Ele me deixa muito tranquilo. As características são diferentes. O Gil é mais de força, o Edu de técnica e Felipe de velocidade. Mas não são só eles. É a equipe toda que se defende bem”, diz Tite.

No gol, Cássio está recuperado de uma tendinite na coxa esquerda que o deixou de fora do jogo com o Atlético-MG e tem o seu retorno confirmado.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA

Wilson; Norberto, Luccas Claro, Leandro Silva e Henrique (Ivan); João Paulo, Alan Santos, Thiago Galhardo e Esquerdinha; Marcos Aurélio e Rafhael Lucas. Técnico: Ney Franco

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Renato Augusto e Jadson; Malcom e Vagner Love. Técnico: Tite

Juiz: Pablo dos Santos Alves (PB)

Local: Couto Pereira, em Curitiba

Horário: 16h

Transmissão: Globo e Band


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.