Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Corinthians multa Jô por usar chuteiras verdes em jogo do Brasileirão

Nike alega que cor do modelo é azul; atacante já havia usado antes em treinamentos

Redação, Estadão Conteúdo

20 de junho de 2021 | 20h36

Após críticas de torcedores nas redes sociais, a diretoria do Corinthians aplicou multa em Jô por calçar chuteiras verdes, cor do rival Palmeiras, na partida contra o Bahia neste domingo, pela quinta rodada do Brasileirão. O jogo disputado em Pituaçu, em Salvador, terminou em empate sem gols.

O clube não revelou o valor da multa aplicada no atacante. "A diretoria de futebol do Sport Club Corinthians Paulista comunica que conversou com o atacante Jô sobre a utilização das chuteiras na partida diante do Bahia, neste domingo (20). O atleta foi advertido, multado e não utilizará mais, seja em treinamentos ou em jogos", anunciou o Corinthians, em breve comunicado.

Apesar da polêmica, a Nike, que produz o modelo Mercurial Vapor 14, usado por Jô neste domingo, alega que a cor da chuteira é azul. O valor do calçado é de R$ 1.699,99. Nas redes sociais, o atacante foi criticado por torcedores por causa da cor.

Criticado por torcedores no mundo virtual, o atacante recebeu elogios de Sylvinho. O técnico aprovou a atuação do jogador, que virou titular neste domingo em razão das baixas de Gustavo Mosquito e Luan, este de última hora - foi cortado somente no sábado por causa de lesão.

"Perdemos dois atletas importantes, Gustavo Mosquito e Luan. O Jô não esteve conosco no jogo passado, mas foi bem nos treinamentos, chegou em condições para o jogo. Reduzimos a área de atuação dele. Nas bola aéreas, ele tem altura, conseguiu ganhar. Ele aumenta a condição de ganhar a segunda bola no campo rival. Está performando pouco a pouco, nos ajudou. Vamos ver as condições para o próximo jogo", comentou o treinador.

Com o resultado, o time paulista segue com apenas uma vitória em cinco jogos neste Brasileirão. O Corinthians ocupa o meio da tabela, mas poderá perder seguidas posições porque rivais abaixo ainda têm um ou até dois jogos a menos na classificação.

Sylvinho, contudo, disse não se preocupar com a perda de pontos neste início de campeonato. "Nossa maior preocupação hoje é construir trabalho. Apressar etapas nunca. Temos jovens sendo elogiados. É um campeonato equilibrado, disputado, haja visto que os resultados têm sido peculiares. Até a décima rodada, vamos viver a motivação de todos, times completos, ainda não chegou suspensão, lesão, que vão ocorrendo. O campeonato é difícil. Estamos pensando a cada etapa. Vamos pensar na construção do time para quinta."

Na quinta-feira, o Corinthians vai receber o Sport na Neo Química Arena, em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansNike

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.