Corinthians não acerta com Guilherme

O Corinthians não gostou da pedida de salários feita por Guilherme e pode encerrar as negociações com o atacante. O jogador ?ganhou? uma folga hoje, dos treinos do Atlético-MG, para definir sua situação com o clube paulista. "Ele foi liberado para resolver problemas pessoais", afirmava a assessoria de imprensa do clube mineiro. Na verdade, Guilherme estava em São Paulo reunindo-se com os dirigentes do Alvinegro, Edvar Simões, diretor de Futebol e Carlos Mello, vice-presidente do Financeiro. Mas o encontro que poderia terminar com final feliz, teve desfecho contrário. "Não concordamos com a proposta que ele fez, fora dos padrões do futebol brasileiro", bronqueou o vice-presidente de Futebol, Antonio Roque Citadini, de Los Angeles, nos Estados Unidos, mostrando estar ligado a todas as negociações do clube. "Não vamos nos precipitar, precisamos de um centroavante, mas só vamos analisar propostas realistas." O dirigente ficou bastante irritado com a pedida de Guilherme e promete encerrar as conversas. "Estamos estudando outras opções", disse. Informou ainda, que o clube não está passando por uma reformulação no elenco. "Além do centroavante, queremos apenas mais um jogador para compor o banco de reservas", concluiu. Este poderia ser o meia-atacante Wellington Dias, do Brasiliense. E o acerto aconteceria neste sábado, quando a equipe do Distrito Federal vem à capital, para enfrentar o Corinthians num jogo amistoso. Ricardinho - Amanhã deve ser o dia decisivo para a permanência, ou não, do meia Ricardinho. O gerente de Futebol Edvar Simões disse estar tratando do assunto com agentes internacionais, e tenta acabar com a novela que se arrasta há alguns dias e começa a causar mal estar no clube. O técnico Carlos Alberto Parreira mostrou irritação com a demora para o fim da negociação e cobra uma posição da diretoria. "A falta dele aqui, atrapalha na preparação." Enquanto isso, o jogador treina separado dos demais companheiros e cumpre compromissos agendados. Hoje, pela manhã, correu em volta do campo do Parque São Jorge e a noite participou do lançamento de uma Escolinha de Futebol do Corinthians, em Interlagos.

Agencia Estado,

01 Agosto 2002 | 19h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.