Corinthians não desiste da Libertadores

Sem vencer há três rodadas, o técnico Tite luta para manter o astral dos jogadores no Campeonato Brasileiro. Apesar de o empate diante do Santos (1 a 1) não ter sido considerado um resultado ruim, o Corinthians se afastou ainda mais do sonho da vaga na Copa Libertadores da América de 2005. O time caiu para a 10ª colocação, com 53 pontos, e está a cinco da zona de classificação para a competição internacional."Pode ter certeza que o Corinthians continuará brigando por essa classificação à Libertadores enquanto for possível", garantiu o treinador. "Só precisamos encontrar a consistência."A última vitória corintiana foi em 26 de setembro - 1 a 0 sobre o Goiás, no Pacaembu. De lá para cá, o time empatou duas, com o Flamengo e o Santos, e perdeu uma - do Juventude."Se não conseguirmos a classificação, não significará que faltou competência. Se isso acontecer é porque os outros concorrentes foram mais eficientes que nós. Também temos de lembrar que nesses últimos jogos só enfrentamos adversários que lutam diretamente por uma vaga na Libertadores", completou Tite.Alguns jogadores já fazem as contas do que é preciso ser feito para garantir um lugarzinho na Libertadores. Porém, o Corinthians enfrentará apenas mais dois adversários diretos: São Caetano, no Anacleto Campanella, e o Fluminense, no Pacaembu.Com o intervalo forçado pelas Eliminatórias da Copa, o Corinthians terá nove dias até o compromisso contra o Coritiba, no Pacaembu. Uma excelente oportunidade para Tite reorganizar sua equipe.Mudança - Rosinei é o favorito para substituir Fábio Baiano, suspenso, na partida contra o Coritiba. O garoto entrou no final do clássico de quarta-feira e, em cinco minutos, criou ótimas oportunidades para uma virada corintiana ? que não aconteceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.