Corinthians não dispensará jogadores

A bela vitória sobre a Portuguesa Santista domingo, por 3 a 0, fez o técnico Daniel Passarella desistir de enxugar o elenco. O diretor da MSI, Paulo Angioni, contou que após conversar com o treinador, no domingo à tarde, ficou acertado que, no momento, não haverá dispensa ou qualquer negociação. "Em decorrência das inúmeras partidas que o Corinthians terá no Campeonato Brasileiro e na Copa Sul-Americana, achou melhor ter um grande elenco à sua disposição", disse o dirigente.Alívio para Dinelson, Jô, Elton, Bruno Octavio e companhia, que já pensavam como seria a vida no Rio, especificamente no Flamengo, clube que teria prioridade para ter as sobras corintianas, por empréstimo. "Temos hoje 31 atletas e, à medida que a competição nacional for acontecendo, os que não forem usados reforçarão o Corinthians B", revelou Angioni. "Ele (Passarella) não conhecia bem o grupo que tinha em mãos e agora descobriu que pode aproveitar todos eles", afirmou.

Agencia Estado,

18 de abril de 2005 | 21h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.