Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians/ Divulgação
Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians/ Divulgação

Corinthians não pagou ao Coritiba pela contratação de Kazim

Clube paulista deveria ter desembolsado R$ 600 mil até o momento

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2017 | 07h01

O atacante Kazim já marcou dois gols e disputou 12 partidas com a camisa do Corinthians, mas o clube ainda não pagou um centavo para o Coritiba pela contratação do jogador. O clube paranaense alega que o time paulista deve pelo menos R$ 600 mil e que o valor deve aumentar em breve. 

Pelo acordo selado entre os clubes, o Corinthians deveria pagar R$ 1,25 milhão sendo que seria R$ 450 mil de entrada e mais quatro parcelas de R$ 200 mil. O Coxa alega que não foi paga a entrada e a primeira parcela, que venceu em fevereiro.

Os dirigentes dos clubes conversaram semana passada, mas a negociação deve continuar entre os advogados. O time paranaense pode até entrar na Justiça cobrando seus direitos. Para acertar com o Corinthians, Kazim aceitou abrir mão de parte dos direitos de imagem que estavam atrasados. 

O inglês naturalizado turco é hoje, um dos atletas mais queridos pela torcida alvinegra. Entretanto, uma lesão no joelho direito, na semana passada, faz com que ele fique fora dos gramados até o começo de abril. 

Desde o ano passado, o Corinthians atrasou duas vezes o pagamento dos direitos de imagem aos jogadores e os dirigentes admitem que o clube vive uma situação financeira complicada. 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.