Corinthians não tem medo das pedaladas

O menino Edson deu uma demonstração de como o Corinthians vai enfrentar o Santos nesta quarta-feira, às 21h50, na Vila Belmiro. Ao responder a uma pergunta sobre as ?pedaladas? de Robinho, que infernizaram o seu antecessor Rogério na final do Campeonato Brasileiro de 2002, o garoto de 19 anos mostrou que está pronto para enfrentar o melhor atacante santista. "Se eu tivesse medo disso (as pedaladas) ficaria em casa dormindo."Na prática, as palavras de Edson simbolizam o estado de espírito de toda a equipe. Apesar dos tropeços diante do Flamengo (0 a 0), no Maracanã, e do Juventude (1 a 2) em pleno Pacaembu, o Corinthians não se sente inferiorizado em relação ao adversário. Nem a enorme diferença de pontos (64 contra 52) entre os dois clubes faz o time de Tite perder a fé numa nova recuperação no Campeonato Brasileiro."Somos corintianos. Não vamos desistir nunca", sintetizou Fábio Baiano, parafraseando um comercial de tevê estrelado por Herbert Vianna, Ronaldo e Vanderlei Cordeiro de Lima. "A gente vai lutar por essa classificação até o último jogo. O Corinthians vai fazer um grande jogo e vai complicar a vida do Santos na Vila Belmiro."Fábio Baiano é um dos reforços do time. Ele não enfrentou o Juventude, justamente para voltar 100% contra o Santos. O outro reforço é Alessandro, que já ficou no banco na última partida, mas não entrou porque não ainda precisava melhorar um pouco a condição física.É provável que seja aproveitado no decorrer da partida. Tite não descartou a hipótese de jogar parte do clássico com três atacantes. Alessandro pode ser uma arma importante para explorar as costas do lateral Léo, um jogador com características extremamente ofensivas.Alguns jogadores até admitem que, no geral, o Santos pode ser até mais completo que o grupo do Corinthians. Isso não significa que seus jogadores sejam mais persistentes, qualidade cada vez mais cristalina no Parque São Jorge. "O professor sempre diz que a persistência vem sempre antes da competência. Por isso, não vamos desistir de nossos objetivos. Nem da classificação para a Copa Libertadores da América, nem de uma vitória", avisa o atacante Gil.Outra certeza entre os corintianos: o Santos tem seus pontos fracos. A equipe de apoio que trabalha no Parque forneceu um verdadeiro dossiê sobre o time de Vanderlei Luxemburgo - uma fita com as principais jogadas e os principais defeitos da equipe. A fita foi editada com muita riqueza de detalhes.Tite também já tem em mãos informações detalhadas do Santos, mostrando de onde saiu cada gol feito e cada gol tomado. Se o Corinthians perder de novo para o rival, não será por falta de informação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.