Philippe Desmazes/ AFP Photo
Philippe Desmazes/ AFP Photo

Corinthians vende 15% de Malcom e recebe R$ 16 milhões do Bordeaux

Time francês acerta compra dos direitos do garoto e pode negociá-lo na próxima janela de transferências

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2017 | 16h15

O Corinthians acertou a venda para o Bordeaux dos 15% dos direitos econômicos de Malcom, que ainda pertenciam ao clube. A negociação renderá ao time brasileiro cerca de 4,5 milhões de euros (R$ 16 milhões). Além disso, o jogador, de 20 anos, renovou contrato com o clube francês até junho de 2021.

A negociação faz com que o clube francês tenha maior liberdade para negociar o atacante, cobiçado por diversos clubes da Europa. Vale ressaltar, que a negociação não tem ligação com a tentativa do Corinthians em contratar o zagueiro Pablo. O defensor tem contrato de empréstimo com a equipe brasileira até o final do ano e, neste momento, parece mais propenso a sair do que ser contratado. Tanto que ele sempre se mostrou confiante em ficar, mas mudou o tom recentemente.

Durante as negociações para ficar com Pablo, os clubes chegaram a estudar a possibilidade de colocar os direitos de Malcom como parte da negociação, mas as conversas não foram adiante.O curioso é que a tentativa de acordo, que ocorreu em julho, faria com que os direitos do atacante valesse apenas 1,8 milhão de euros (R$ 6,6 milhões).

Em relação a Pablo, as conversas estão paradas. O problema está na negociação do Corinthians com o defensor. O Bordeaux já avisou que está disposto a negociar o jogador, mas se não houver acordo, existe a possibilidade do zagueiro jogar em outro clube brasileiro.

Revelado nas categorias de base do Corinthians, Malcom se firmou na equipe em 2015, quando fez parte da conquista do Campeonato Brasileiro daquele ano. Em 2016, ele foi vendido para o Bordeaux por 5 milhões de euros (R$ 21 milhões, na época).

"Desde o início do ano, ele cresceu com força e tornou-se um dos principais jogadores do nosso time. É por isso que o clube está muito satisfeito com a extensão do contrato da Malcom. Uma decisão que prova a seriedade do projeto esportivo do Bordeaux, mas também o desejo de conseguir uma boa temporada com a ajuda de nossos torcedores", anunciou o clube francês em seu site oficial.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.