Corinthians: nem Berezovski entende

O presidente do Corinthians, Alberto Dualib, encontrou-se ontem com o magnata russo Boris Berezovski, em Londres, a quem pediu ?ajuda e investimentos?. Em entrevista exclusiva ao Estado, Berezovski afirmou que volta a se reunir hoje mesmo com Dualib para tomar decisão sobre eventual investimento no clube. Uma coisa é certa: nem o russo está entendendo o que se passa no Parque São Jorge. ?A situação é muito confusa e não estou entendendo mais nada?, afirmou. Eis os principais trechos da entrevista:Do que o senhor tratou na reunião com o presidente do Corinthians, Alberto Dualib?Como é que você sabe disso?Então o senhor o recebeu ontem?Sim. Tivemos uma reunião ontem (quarta-feira). Qual o motivo do encontro?Dualib me pediu ajuda e investimentos no time. Se você me permite, queria saber qual está sendo a repercussão da relação entre a MSI e o Corinthians na opinião pública brasileira? O que é que se diz no Brasil a esse respeito?O caso é está na imprensa e é muito comentado. Mas o senhor já decidiu se ajudará o Corinthians? Ainda não sei o que fazer. A situação é muito confusa e não estou entendendo mais nada. Amanhã (hoje) tenho outra reunião com o Dualib e veremos o que ocorre. O fato de Dualib estar querendo a saída de Kia Joorabchian da direção da MSI, afeta a sua decisão de ajudar o Corinthians?O Corinthians e o Kia são questões independentes. Sou amigo do Kia e ao mesmo tempo gosto muito do futebol brasileiro. Acho que o futebol do Brasil precisa de investimentos. O País exporta jogadores que formam a base de muitas equipes na Europa. Acredito que sejam necessários maiores investimentos no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.