Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Corinthians busca recuperação contra o rebaixado Novorizontino após derrota no dérbi

Vitor Pereira destacou a importância de ter tempo para trabalhar e estruturar a equipe de acordo com suas ideias de jogo

Pedro Ramos, O Estado de S.Paulo

20 de março de 2022 | 05h00

O Corinthians quer esquecer a derrota para o rival Palmeiras por 2 a 1 na última quinta-feira e nada melhor do que enfrentar o time da pior campanha no Paulistão. A equipe do técnico Vitor Pereira visita o lanterna Novorizontino, já rebaixado e único que ainda não venceu na competição, neste domingo, às 16h, pela última rodada da primeira fase do estadual.

A partida no estádio Jorge Ismael de Biasi vai servir para mais um teste ao treinador português, que chegou ao clube há apenas duas semanas. Pereira destacou a importância de ter tempo para trabalhar e estruturar a equipe de acordo com suas ideias de jogo.

"Fundamentalmente, foram dois clássicos jogados, um com três dias de trabalho e outro com duas semanas, contra um clube que tem dois anos de trabalho. Eles (Palmeiras) têm dois anos de trabalho, nós duas semanas. Não é fácil construir um processo de jogo, não faço milagres, não tenho varinha mágica, não sou mágico", disse.

O Corinthians vem de boa campanha no Paulistão, mas perdeu os três clássicos que disputou. A equipe ainda está em formação e vai assimilando com o tempo as orientações de Vitor Pereira.

Autor do gol do Corinthians no dérbi, Róger Guedes concordou que o time ainda precisa se adaptar ao novo treinador. "Perdemos todos os clássicos. É uma pressão a mais, time começando agora, novo treinador. Tem que ter tempo de trabalho. Tem muitos jogos, vamos melhorar muito."

O técnico português ainda precisa buscar soluções para alguns problemas do time. A disputa pela vaga na lateral-esquerda está em aberto. Fábio Santos, Piton e Bruno Melo brigam por um espaço entre os titulares. 

A idade avançada de vários jogadores não se mostrou um problema ainda, mas o calendário apertado e a intensidade das partidas deve fazer com que a comissão técnica tenha um cuidado especial com esses atletas.

Além disso, se o time considerado titular é de bom nível técnico, a diferença de qualidade para os reservas é considerável. Reforços ainda podem chegar no primeiro semestre. Na última semana, a diretoria anunciou a contratação do atacante Junior Moraes, que estava no futebol ucraniano. O centroavante chega para brigar por posição. Enquanto isso, o clube ainda tenta o retorno por empréstimo do volante Maycon, do Shakhtar Donetsk.

Diante do Novorizontino, Pereira pode mandar novamente o time titular a campo ou escolher uma equipe recheada de reservas já pensando em poupar jogadores de olho na próxima fase do Paulistão. Suspenso, Fagner será desfalque na partida deste domingo e deverá ser substituído por João Pedro. 

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO - Giovanni; Lucas Mendes, Edson Silva, Bruno Aguiar e Reverson; Barba, Léo Baiano, Cléo Silva e Danielzinho; Douglas Baggio e Rômulo. Técnico: Alan Aal.

CORINTHIANS - Cássio/ João Pedro, João Vitor, Gil e Piton (Fábio Santos); Du Queiroz, Paulinho, Giuliano, Renato Augusto e Willian; Róger Guedes. Técnico: Vitor Pereira.

ÁRBITRO -  Thiago Lourenço de Mattos.

HORÁRIO - 16h.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi.

TV - Paulistão Play, Premiere, Record TV.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.