Niguel Locatelli/Athletico-PR
Niguel Locatelli/Athletico-PR

Corinthians oficializa chegada de Tiago Nunes até final de 2020

Treinador vai tirar férias com a família neste final de temporada e inicia trabalho no campo em janeiro

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2019 | 15h31
Atualizado 07 de novembro de 2019 | 18h05

O técnico Tiago Nunes assinou contrato com o Corinthians na tarde desta quinta-feira e o clube confirmou o acerto poucas horas depois. O novo treinador só vai assumir o time no final da temporada com vínculo até dezembro de 2020. Enquanto isso, o auxiliar Dyego Coelho será o técnico interino da equipe alvinegra. Em sua primeira partida, Coelho conduziu o time à vitória sobre o Fortaleza por 3 a 2, na Arena Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.  

A intenção do time paulista era ter Tiago Nunes no comando já nas últimas rodadas do Brasileirão. O treinador, no entanto, pretende tirar um período descanso com a família até o ano que vem. Tiago Nunes chega com os auxiliares Evandro Fornari e o ex-meia Kelly, o analista de desempenho Pedro Sotero, e o preparador físico Túlio Flores.

O treinador vai substituir Fábio Carille, demitido após a derrota para o Flamengo por 4 a 1 na última rodada do Campeonato Brasileiro. Tiago Nunes informou ao Athletico-PR sobre a saída na última terça-feira. No mesmo dia, o diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, desconversou sobre a contratação. Por outro lado, admitiu que o treinador deveria chegar apenas para a próxima temporada.

Tiago Nunes é uma das revelações da função neste ano e se tornou um dos mais valorizados da nova geração. Ele levou o Athletico ao título da Copa do Brasil, superando o Internacional e garantindo o time na próxima Libertadores

Aos 39 anos, ele deixa o Athletico com os seguintes títulos: Paranaense (2018, com os aspirantes), Copa Sul-Americana, J. League/Conmebol e a Copa do Brasil de 2019. Ele era o plano A do Corinthians após a demissão de Fábio Carille. O clube paulista recebeu “mais de 30 ofertas de treinadores”, de acordo com Duílio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.