JF Diório/AE - 6/11/2010
JF Diório/AE - 6/11/2010

Corinthians oficializa saída do Clube dos 13 e faz denúncias contra a entidade

Presidente Andres Sanchez diz que desmandos administrativos geraram passivo superior a R$ 5 milhões

estadão.com.br

23 de fevereiro de 2011 | 14h43

SÃO PAULO - Após pedir licença na terça, o Corinthians oficializou nesta quarta-feira o seu desligamento do Clube dos 13. Por meio de comunicado oficial da diretoria, assinado pelo presidente Andres Sanchez, a equipe informou que, a partir de agora, "conduzirá negociações diretas com as empresas interessadas em adquirir os direitos de transmissão de seus jogos pelo Campeonato Brasileiro a partir de 2012".

Nesta quarta, mais cedo, os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro, Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco, já haviam rompido com o Clube dos 13. Eles anunciaram que vão negociar conjuntamente as cotas para transmissões de jogos pela televisão, mas sem a participação da entidade.

Na nota, que foi escrita em forma de carta ao presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, o Corinthians não poupou críticas a atual gestão da entidade. "Ficamos surpreendidos com uma série de desmandos administrativos praticados pela direção do Clube dos 13 que já geraram, para a entidade um passivo transitado e julgado superior a R$ 5 milhões e um potencial passivo trabalhista de proporções ainda maiores face a contratações de profissionais a nível gerencial de forma irregular no mínimo ao longo dos últimos cinco anos", disse Andres Sanchez.

O Corinthians afirmou ainda que desde o ano passado já deixava claro o propósito de sair do Clube dos 13, e só não o fez antes porque entendia haver uma chance de um diálogo para que fosse encontrado um modelo democrático e transparente de gestão para associação.

"Fatos recentes, entretanto, evidenciaram nosso erro de avaliação. A forma irresponsável com que alguns membros da diretoria do Clube dos 13 e seu diretor executivo conduziram o processo da elaboração da concorrência com o propósito de aquisição e direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro profissional a partir do ano de 2012 é, no mínimo, danosa aos interesses do Corinthians e dos demais clubes que integram a elite do futebol brasileiro", declarou o clube em comunicado.

Denúncia. O Corinthians ainda acusou o Clube dos 13 de falta de ética para negociar o acordo para transmissões de jogos pelo Campeonato Brasileiro.

"O simples fato de durante a reunião de ontem [terça-feira] da comissão de negociação do Clube dos 13 e seu diretor executivo, no meio das discussões, ter ligado para um alto executivo de uma das emissoras concorrentes para saber o que ele achava de uma deliberação que estava em discussão (confirmado por dois membros da comissão de televisão) e iria ser votada demonstra que este processo não está sendo conduzido com isenção e macula, de forma indelével, os trabalhos que estão sendo realizado", assinalou o clube alvinegro em comunicado oficial.

Veja também:

linkPrincipais equipes do Rio de Janeiro rompem com o Clube dos 13 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolClube dos 13Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.