Corinthians pega Flu de olho no Paysandu

O Corinthians enfrenta o Fluminense, amanhã, às 21h40, pela Copa Sul-Americana, no Maracanã, pensando no jogo seguinte, contra o Paysandu, domingo, em Belém do Pará, pelo Campeonato Brasileiro. A questão é puramente matemática: na Sul-americana, o time de Geninho praticamente não tem mais chances depois da derrota na estréia para o Atlético-MG, por 2 a 0, em pleno Pacaembu. Já no Brasileiro, a expectativa é a de uma possível reação. E o jogo em Belém do Pará é fundamental para as pretensões corintianas, segundo o seu treinador. "Na Sul-americana nossas chances não são boas, mesmo fazendo uma boa vitória sobre o Fluminense", observa Geninho. "Além disso, o jogo em Belém do Pará é muito importante para o Corinthians. Uma vitória lá vai confirmar a nossa recuperação no Campeonato Brasileiro". Para se classificar na Copa Sul-americana, o Corinthians precisa vencer o Fluminense, amanhã, por dois gols de diferença, no mínimo, e depois ainda terá de torcer por uma vitória do Fluminense sobre o Atlético-MG, em Belo Horizonte, por uma diferença de gols que não supere o saldo corintiano. Ganhar do Flu por dois gols de diferença ou mais, até que não preocupa tanto. O mais difícil para os corintianos é contar com uma vitória do Fluminense sobre o Atlético-MG. "A situação é complicada para o Corinthians. Mesmo vencendo bem o Fluminense, ainda assim o Atlético-MG jogaria pelo empate em casa. De qualquer forma, temos de fazer a nossa parte, ganhando do Fluminense", acrescenta o técnico. Geninho não chega ao exagero de classificar abertamente o jogo de amanhã como um treinamento para o Corinthians. Ele entende que isso poderia ser interpretado como ´deboche´ ao Fluminense e à própria competição. De outra parte, ele reconhece que é um jogo de preparação, ou seja, uma chance a mais para o time ganhar entrosamento com os reforços, André Luiz e Robert. "Seria bom se esse jogo fosse pelo Campeonato Brasileiro. O time ganhou moral com a vitória sobre o Atlético-MG, no Mineirão. É importante não perder a sequência. De qualquer forma, o Fluminense é um adversário que tem tradição, é também um clube de camisa forte. Um resultado positivo vai nos ajudar a manter a auto-estima", avalia Geninho. Por essas razões o Corinthians vai jogar com todos os seus titulares. Até o zagueiro Marquinhos e o atacante Gil, que não enfrentarão o Paysandu, no domingo, porque estão suspensos automaticamente, foram confirmados contra o Fluminense. "Depois de tanto tempo sem ter condições de repetir o time, não poderia desprezar essa chance", explica o técnico.Geninho deve fazer pelo menos três substituições contra o Fluminense. O técnico vai aproveitar a chance para testar alguns jogadores. No segundo tempo, provavelmente deve lançar os substitutos de Marquinhos e de Gil, já visando o jogo contra o Paysandu. Só não quis dizer quais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.