JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Corinthians pegará Bahia e Atlético-PR em Mogi Mirim

As partidas contra Criciúma e Santos, 19 e 27 de outubro, ainda estão com locais indefinidos

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 16h25

SÃO PAULO - Punido com a perda de quatro mandos de campo, gancho confirmada na última quinta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após recurso apresentado pelo clube contra a pena, o Corinthians confirmou nesta terça-feira que vai enfrentar Bahia e Atlético-PR, respectivamente nos dias 2 e 9 de outubro, no Estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim. Já as partidas seguintes que o time faria como mandante no Pacaembu, contra Criciúma e Santos, respectivamente em 19 e 27 de outubro, ainda estão com locais indefinidos. Corinthians e Vasco foram penalizados por causa da briga envolvendo torcedores durante jogo realizado em 25 de agosto, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pelo Brasileirão.

Julgados em última instância pelo Pleno do STJD, Corinthians e Vasco tiveram suas penas mantidas. Cada clube terá de fazer quatro partidas fora de seu reduto. A única coisa que muda é que eles agora poderão levar suas torcidas. Na pena inicial havia a possibilidade de Corinthians e Vasco fazerem jogos com portões fechados aos torcedores mandantes. Em julgamento realizado no último dia 4, antes da nova decisão, os dois clubes foram condenados a realizar duas partidas com portões fechados e outras duas com a presença de torcedores adversários. Entretanto, o STJD acabou aliviando a pena, embora tenha mantido as multas em dinheiro impostas anteriormente. O Corinthians foi condenado a pagar R$ 80 mil, enquanto que o Vasco terá de desembolsar R$ 50 mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.