Corinthians perde mando e é multado

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Paulista de Futebol (FPF) puniu o Corinthians com a perda de um mando de campo e R$ 100 mil de multa por causa do incidente em que o goleiro santista Mauro levou uma pedrada na cabeça durante o clássico entre Santos e Corinthians - dia 13, na Vila Belmiro.O presidente do tribunal, Naief Saad Neto, explicou nesta segunda-feira à noite que a partida contra a Ponte Preta permanece no Pacaembu porque não daria tempo de alterar o local de jogo. De acordo com os prazos estipulados pelo Estatuto do Torcedor, só é possível mudar o estádio onde seria disputada um jogo com 72 horas de antecedência. A punição valerá, portanto, no confronto contra o União São João, dia 5 de março, válido pela 11.ª rodada do Campeonato Paulista. Domingo, o Corinthians joga com o São Paulo, mas o mando é da FPF.A assessoria de imprensa do Corinthians informou que o departamento jurídico do clube vai analisar a determinação durante a semana e só então decidir se irá ou não recorrer. As imagens captadas pelas câmeras da Vila Belmiro flagraram um rapaz de 17 anos, morador de São Vicente e membro da torcida organizada corintiana Gaviões da Fiel, atirando a pedra no campo no momento em que Mauro foi atingido.

Agencia Estado,

21 de fevereiro de 2005 | 21h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.