Stephan Eilert / Ceará SC
Stephan Eilert / Ceará SC

Corinthians perde para o Ceará com falha de Cássio e segue em jejum como visitante

Com o resultado, time cearense sobe para o 8º lugar no Brasileirão e mantém vivo sonho de vaga na Libertadores

Marcos Antomil, especial para o Estadão

25 de novembro de 2021 | 22h10

O Corinthians mantém seu jejum de vitórias fora de casa no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, perdeu para o Ceará, por 2 a 1, na Arena Castelão, pela 35ª rodada do torneio nacional. Vina, do lado cearense, e Willian, pelo time corintiano, foram os destaques da partida. O goleiro Cássio, por sua vez, falhou no primeiro gol do time da casa em erro na saída de bola.

Com o resultado, o Ceará é forte candidato a uma das vagas na pré-Libertadores, em 8º lugar (49 pontos) e encurta a distância para o rival Fortaleza. Já o Corinthians segue na 4ª posição, com 53 pontos, mas tem a posição no G-4 ameaçada.

O jogo começou morno, com as duas equipes se estudando, sem mostrar muito ímpeto ofensivo. Mas Vina testou Cássio aos 5 minutos com uma boa finalização e em seguida, após uma saída de bola errada do goleiro corintiano, abriu o marcador na Arena Castelão. O Corinthians tentou responder com jogadas de velocidade pelas laterais.

Atrás no placar, o time de Sylvinho passou a ficar mais com a bola e pressionar o Ceará em seu campo. Sem poder contar com Willian e Renato Augusto desde o início, o treinador apostou em um meio de campo formado por Gabriel, Du Queiroz, Gabriel Pereira e Luan. A presença dos corintianos no campo de ataque permitiu aos cearenses contra-atacar. Velho conhecido do time paulista, Mendoza teve boa oportunidade de chegar ao segundo gol.

Aos poucos a partida voltou a ficar equilibrada, mas o Ceará seguiu mais perigoso até que Gabriel Pereira protagonizou uma tabela na entrada da área e só parou no goleiro João Ricardo. Uma saída de bola equivocada dos cearenses cedeu a Roger Guedes outra boa chance defendida pelo arqueiro adversário. O time de Tiago Nunes se limitou a jogadas aéreas na reta final do primeiro tempo.

Destaque na etapa inicial, Vina sentiu uma lesão muscular no início do segundo tempo e precisou ser substituído. Logo depois, os dois times passaram a ser mais incisivos no ataque, buscando a meta adversária. Com as entradas de Renato Augusto e Willian nas vagas de Luan e Du Queiroz, o Corinthians conseguiu construir boas triangulações e tabelas pelos lados, enquanto o Ceará levava perigo nos contra-ataques.

Buscando segurar o placar favorável, Tiago Nunes fez as últimas alterações disponíveis deixando o Ceará ainda mais protegido. A partir dos 30 minutos, o que se via no Castelão era um jogo de ataque conta defesa. Willian foi o destaque do Corinthians correndo por todo o campo, ajudando nas fases ofensivas e de marcação. E foi dos pés de Willian que saiu o passe para Roger Guedes, que igualou o marcador aos 38 do segundo tempo.

A alegria corintiana durou pouco, e a lei do ex voltou a aparecer. Yony González, de cabeça, voltou a colocar o Ceará em vantagem aos 42 minutos e deu números finais ao jogo para a alegria dos mais de 40 mil torcedores presentes na Arena Castelão.

O próximo compromisso do Corinthians pelo Campeonato Brasileiro é diante do Athletico-PR, no domingo, às 16h, na Neo Química Arena. Já o Ceará folga no fim de semana e volta a campo apenas na próxima terça-feira para enfrentar o Flamengo, no Maracanã, às 20h.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2 X 1 CORINTHIANS

CEARÁ: João Ricardo; Igor, Luiz Otávio, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Fabinho e Fernando Sobral (William Oliveira); Lima (Rick), Vina (Jorginho) e Mendoza (Kelvyn); Jael (Yony González). Técnico: Tiago Nunes.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (João Pedro), João Victor, Gil e Lucas Piton; Gabriel (Vitinho) e Du Queiroz (Willian); Luan (Renato Augusto), Gabriel Pereira (Gustavo Silva) e Roger Guedes; Jô. Técnico: Sylvinho.

GOLS: Vina (6 minutos do 1º tempo), Yony González (42 do 2º tempo); Roger Guedes (38 minutos do 2º tempo)

CARTÕES AMARELOS: Fernando Sobral, João Ricardo (Ceará); Du Queiroz, Gabriel, Cássio, Fagner (Corinthians)

ÁRBITRO: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

LOCAL: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.