Corinthians perde para o Internacional e se complica

Alexandre Pato marca dois gols e mantém recuperação de sua equipe na Série A

18 de julho de 2007 | 23h50

Longe de "encher os olhos" do admirador do bom futebol, o Internacional venceu o Corinthians por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, em Porto Alegre, em partida válida pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Veja também: A classificação da Série A do Brasileirão   Com o resultado, o Corinthians continua com 14 pontos, na 16.ª colocação provisória, aumentando para seis jogos seu jejum de vitórias. Para piorar, o clube paulista começa a se preocupar com a zona de rebaixamento. Já o Internacional chegou aos 17 pontos, na oitava colocação até o momento.   Como esperado, um minuto de silêncio foi observado por causa do acidente do vôo 3054, da TAM, que matou em torno de 200 pessoas. O ex-presidente do Internacional, Paulo Rogério Amoretty, foi uma das vítimas. Curiosamente, o advogado trabalhava para o Corinthians no caso Nilmar, na tentativa de evitar o pagamento de 9 milhões de euros (aproximadamente R$ 23 milhões) ao Olympique de Lyon (FRA) pela transferência do atleta.   Após a homenagem, Internacional e Corinthians fizeram uma partida baseada na forte marcação, fazendo com que poucas jogadas viessem a ser destacadas no primeiro tempo, como a cabeçada de Christian logo no primeiro minuto, que exigiu boa defesa do goleiro Felipe. O atacante colorado teve mais uma boa chance, mas sua cabeçada fez a bola passar por cima do gol corintiano, aos 34 minutos.   Tendo Pinga e Iarley como meias, o Internacional tentava atacar pela esquerda, mas tal iniciativa deixava os atacantes Alexandre Pato e Christian sem ação, facilitando o trabalho da defesa do Corinthians que, por sua vez, contentava-se a explorar os contra-ataques, chegando a assustar o goleiro Clemer por apenas duas vezes. A principal delas aconteceu aos 44 minutos, quando Willian cruzou errado e a bola por pouco não entrou no canto inferior direito.   O segundo tempo parecia que teria o mesmo destino do primeiro, mas um pênalti polêmico de Zelão sobre Iarley mudou o panorama da partida. A penalidade foi bem cobrada por Pato, aos 16 minutos.   Sem opção a não ser atacar, o técnico Paulo Cezar Carpegiani abriu sua equipe com a entrada de Bruno Bonfim. Assim, erros na defesa apareceram e o Internacional aproveitou para decretar a vitória. Aos 34 minutos, Alexandre Pato chutou forte pela direita para vencer o goleiro corintiano e marcar um belo gol. Desesperado, o Corinthians se abriu ainda mais, sofrendo o terceiro gol - feito por Adriano - aos 44 minutos.   Agora, o Corinthians enfrenta o Náutico, pela 13.ª rodada, neste domingo, às 16 horas, no Morumbi, enquanto o Internacional encara o rival Juventude neste sábado, às 18h10, em Caxias do Sul.   INTERNACIONAL 3 X 0 CORINTHIANS   Internacional - Clemer; Índio, Edinho    e Sidney   ; Magal (Diego   ), Ji Paraná, Pinga, Iarley    (Adriano) e Marcão; Christian (Roger) e Alexandre Pato. Técnico: Alexandre Gallo.   Corinthians - Felipe; Fábio Ferreira, Zelão e Betão   ; Edson (Bruno Bonfim), Bruno Octávio, Rosinei, Willian (Dinelson) e Marcelo Oliveira; Everton Santos (Clodoaldo) e Finazzi. Técnico: Paulo Cezar Carpegiani.   Gols - Alexandre Pato, aos 16 minutos do segundo tempo e aos 34 minutos do segundo tempo; Adriano, aos 44 minutos do segundo tempo. Público - não disponível Renda - não disponível Árbitro - Luiz Antonio Silva Santos (RJ) Local - Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.